20 novembro 2010

Calcinha Moderna

O Médico

video

Endereço Polêmico

Pra quem não mora em BSB, uma explicação: SQN 214 = Super Quadra Norte 214.

Quem é cliente TIM sabe como é divertido ligar no *144….

Já tem alguns meses que liguei para atualizar meu endereço, e pra quem mora em Brasília é uma peleja explicar que aqui as ruas não tem nome…. E comigo foi mais ou menos assim:

Depois de 45 minutos aguardando….

Mateus: "Alô! Boa-noite, não estou recebendo minhas faturas… Preciso atualizar meu endereço…"

Tim: "Senhor, pode falar seu novo endereço…"

Mateus: "SQN 214 Bloco E…"

Tim: "Ok.. FQM 214 Bloco E…."

Mateus: "Não… Não…. É SQN!!! Não FQM!"

Tim: "Ah sim, desculpe… Confirmando… FQN 214"

Mateus: "Pô! Não…. SQN!!! SQN!!!"

Tim: "Ah tá, desculpe senhor… Continuando… SQM 214"

Mateus: "Ai caramba!!!! Esquece o M e o F… É SQN"

Tim: "Já entendi senhor… FQN"

Mateus: "Ai meu santo… É SQN… Sapo Queijo Nada… SQN… Sapo Queijo Nada!!"

Tim: "Ah tá senhor…. Agora entendi… Sapo Queijo Nada"

Mateus: "Ufa! Graças a Deus… Tudo certo então… Atualizado?"

Tim: "Sim, atualizado… Boa noite."

Depois dessa briga toda, finalmente chegou a conta no meu endereço!!!!! Olha a prova abaixo:







02 novembro 2010

Treinamento Antes de Ter Um Filho






















Desconheço o autor do texto original,que enriqueci um pouco. Espero que gostem. Lícia


Para todos aqueles que já tiveram filhos (para lembrar) e para os que pretendem ter (para pensar bem)...

O treinamento é grátis e DEVE ser feito por aqueles que pretendem ter filhos.

A repetição de exercícios 1 e 2 pode ser ampliada de acordo com a situação, porque bebês molham e sujam fraldas, têm diarréia, gases, dores de ouvido e de barriga, e devem ser alimentados de três em três horas, por exemplo, de manhã,à tarde,noite e madrugada, de 1º de janeiro a 31 de dezembro.

Esqueça todos os números de telefone e celular das suas agendas e decore os do pediatra. Acredite: Você vai precisar dele mais vezes do que imagina.

Lembre-se ainda de que o neném vai chorar,gritar,fazer birra e manha,ficar irritado, espernear...mas também dará lindos sorrisos e gargalhadas,fará gracinhas,balbuciará coisas incompreensíveis porém engraçadas,além de engatinhar,cair muitas vezes durante as tentativas de andar; claro,vai querer enfiar um dedo ou qualquer objeto na tomada mais próxima,puxar tudo o que vir à frente - inclusive rabos de cães e gatos de estimação...ou não - fios de aparelhos eletroeletrônicos,invadir a cozinha e ir direto ao forno quente,subir em sofás (especialmente os localizados junto a janelas sem grades de proteção),etc.

E não se iluda com a besta idéia de que ele aceitará ficar dentro do cercadinho olhando pacificamente os adultos à volta: o negócio é participar, portanto,ele exigirá interação,ou seja,colo...O seu,lógico, não importando quem mais esteja presente.

Se você curte adrenalina, prepare-se para viver fortes emoções. Já percebeu,né?

Tenha sempre à mão o telefone e o celular do seu cardiologista.Esteja certo de que ele sempre será - literalmente - essencial à sua vida,mesmo que você não tenha nenhum problema cardíaco.

Exercícios práticos para treinamento de futuros papais e mamães (o grau de dificuldade de cada exercício é equivalente a tratar de uma criança com um (01) ano de idade):



1) VESTINDO A ROUPINHA:

Compre um polvo vivo de bom tamanho e vá colocando, sem machucar a criatura, nesta ordem: fraldas, macaquinho, blusinha, calça, sapatinhos, casaquinho e touquinha.

Não é permitido amarrar nenhum dos membros.

Ligue uma sirene de polícia (você precisa se acostumar com os gritos e o choro de seu pimpolho)

Tempo de duração da tarefa: UMA MANHÃ INTEIRA.


2)TOMANDO SOPINHA:

Faça um buraquinho num melão, pendure-o no teto com um barbante comprido e balance-o vigorosamente.

Ligue a sirene de polícia.

Agora tente enfiar a colherinha com a sopa no buraquinho.

Continue até ter enfiado pelo menos a metade da sopa pelo buraquinho.

Despeje a outra metade no seu colo.

Não é permitido gritar.

Limpe o melão, o chão, as paredes, o teto, os móveis à volta e o tapete.

Dê um banho num gato (bravo,preferencialmente)que tem horror a isso.

Repita o exercício 1.

Vá tomar um banho.

Tempo para a execução da tarefa: UMA TARDE INTEIRA.



3)PASSEANDO COM A CRIANÇA


Vá para a pracinha mais próxima.

Leve uma mochila grande,lotada de pedras (quando você sai com o bebê, tem que levar toda a parafernália: fraldas,mamadeiras de água,suco,chá,brinquedos,etc)

Agache-se e pegue uma bituca de cigarro.Jogue-a fora, dizendo com firmeza: NÃO!

Agache-se e pegue um palito de picolé sujo.Jogue-o fora, dizendo com firmeza: NÃO!

Agache-se e pegue um papel de bala.Jogue-o fora, dizendo com firmeza: NÃO!

Agache-se e pegue uma barata morta,dizendo com firmeza: NÃO!

Faça isso com todas as porcarias – inclusive cocô de cachorro - que encontrar no chão da pracinha.

Tempo para execução: O DIA INTEIRO.

Ao chegar em casa, repita os exercícios 1 e 2.



4)PASSANDO A NOITE COM O BEBÊ PARA ACALMÁ-LO OU FAZÊ-LO DORMIR:

Ligue a sirene de polícia.

Pegue um saco grande de arroz e passeie pela casa com ele no colo das 20:00 às 21:00 horas.

Deite o saco de arroz.

Ligue a sirene de polícia.

Às 22:00 pegue novamente o saco e passeie com ele até às 02:00.

Deite o saco e você.

Levante às 02:15 e vá ver a Sessão Corujão porque não consegue mais pegar no sono. Deixe o volume da TV no mínimo,porque bebês têm a audição similar às dos cães.

Ligue a sirene de polícia.

Repita os exercícios 1 e 2.

Deite às 03:00.

Ligue a sirene de polícia.

Levante às 03:30, pegue o saco de arroz e passeie com ele até às 04:15.

Deitem-se os dois (cuidado para não usar o saco como travesseiro).

às 05:30,ligue a sirene de polícia.

Levante às 06:00 e pratique os exercícios 1 e 2.

Nunca perca o telefone e o celular de seu advogado,já que embora a Lei do Silêncio seja uma convenção social,bebês ignoram esse tipo de coisa,mas o condomínio não vai querer saber: você será,sim,multado.

Não é permitido chorar.



5)GERAL


Repita tudo o que você disser (frases ou palavras), pelo menos cinco vezes.

Repita a palavra NÃO a cada 10 minutos, fazendo o gesto com o dedinho.

Gaste uma pequena parcela do seu orçamento (90%) com leite em pó,fraldas,talco, shampoo,sabonete neutro, brinquedos, roupinhas e etc.

Passe semanas a fio sem ir ao cinema,sem beber, sem sair com os amigos,e,claro,sem trepar.

OBS: Não é permitido enlouquecer!

Nocaute Inédito

video

Dublagem Incrível

Toma,Trouxa

video

Afobadinho

video

Isca Irresistível

video

12 outubro 2010

Pesquisa


















Um cara revela a um amigo a brilhante conclusão a que chegou:


-Não acredite em pesquisa,porque eu fiz a minha e vi que minha mãe será eleita Presidente da República.

- Mas como?

- Simples: liguei para 1.253 pessoas entre 2:00 e 4:00 horas da madrugada perguntando em quem votarão para Presidente, e todas responderam:


NA PUTA QUE TE PARIU!

Falta Do Que Fazer

02 outubro 2010

Que Puxa! 60 Anos de Charlie Brown

Oi,Internauta

Adoro Charlie Brown e sua turma - meu primeiro cachorro se chamava Snoopy,embora não fosse um beagle - e assim posto esse registro dos 60 anos de criação desses personagens incríveis. Divirta-se. Lícia
























Charlie Brown, Peanuts (Minduim, no Brasil,onde também ganhou o nome de João Barbosa),uma tira intitulada inicialmente Lil' Folks (Amiguinhos), apareceu pela primeira vez em 2 de outubro de 1950 em oito jornais norte-americanos,mas como ficou muito parecido com a "Li´l Abner" (Família Buscapé) de Al Capp, para evitar a confusão, o sindicato que cuidava das histórias em quadrinhos mudou o nome para Peanuts, um título que o autor, Charles Schulz, sempre repudiou por considerá-lo ridículo.

Publicada em mais de 2.600 jornais em 75 países. Estima-se que mais de 350 milhões de pessoas liam as estórias publicadas diariamente, traduzidas para, pelo menos, 40 idiomas; além disso, a tira tornou padrão o formato de quatro quadros nos jornais norte-americanos.
























O Peanuts chegou ao fim no dia 13 de fevereiro de 2000, um dia após a morte de Charles Schulz, quando a última tirinha foi publicada. As diárias haviam sido interrompidas em 3 de janeiro, mas as dominicais continuaram saindo até fevereiro.

Ao todo foram 17.897 tirinhas, todas criadas e desenhadas por Schulz, que deixou claro que ninguém mais o faria após sua morte.



























Essa turma é composta por vários personagens:






CHARLIE BROWN: Apareceu em 2 de outubro de 1950.




























Um menino de "oito anos e meio", sempre cheio de preocupações e que se destaca mais pelos defeitos,principalmente o de ser um fracassado,perdedor e inábil: não consegue empinar uma pipa...














































...e seu time de beisebol (do qual é o capitão,e Snoopy é o melhor batedor) sempre é derrotado, vive querendo agradar e ser popular na turma,mas acaba ridicularizado. Enfim,eterna vítima de bullying, mas sem nunca perder a esperança e a ternura. Seu bordão: "Que puxa!".





















Em várias tirinhas, mesmo apanhando e sendo humilhado, conseguia vencer as disputas com os outros personagens,usando argumentos irrebatíveis. Como se vê, Violeta, Patty e Lucy erraram ao chamar Charlie Brown de “"Blockhead” e “Estúpido”.

Na verdade, Charlie Brown é um menino sensível, doce, tímido e inteligente que enfrenta dificuldades por não saber lidar com a agressividade alheia,mas nada tem de babaca.

Ele precisava mesmo é de amigos melhores. E, claro, terapia...muita terapia.




Charlie Brown se esforça muito,porém não consegue evitar os desastres sentimentais que povoam a sua vida,tadinho.





PEN PAL: Em 1958, Charlie Brown se correspondia com alguém chamado “Amigo do Lápis”, porque "Eu não escrevo bem com uma caneta.".

Quando perguntado por Lucy sobre o que escreviam, ele disse que era sobre seus respectivos países.

Em uma tira, Charlie Brown escreve que ele é seu único amigo, e pôs um PS: "Todo mundo me odeia".

Já em uma série de tiras em 1994, foi revelado que Pen Pal era uma garota escocesa chamada Morag.











Charlie Brown também fantasiava sobre um futuro romance com Morag, mas se desiludiu ao saber que ela tinha 30 outros correspondentes.



















GAROTINHA RUIVA: Invisível nas tirinhas,foi mencionada pela primeira vez em 19 de novembro de 1961. A primeira aparição - no caso,apenas a silhueta - foi em 25 de maio de 1998.

Charlie Brown até ensaia entregar um cartão para ela, e Snoopy - a seu modo - o ajuda.


























E Snoopy dá o ar da graça com a silhueta da Garotinha Ruiva.
























Um consolo: embora na tirinha nunca consiga falar com seu grande amor platônico, chegou a beijá-la em 1977, no especial para a TV "It's Your First Kiss, Charlie Brown".

















Interessante é que a aparição foi no desenho animado, no qual ganhou o nome de Heather - dado pelos produtores - realizada à revelia de Charles Schulz.










PEGGY JEAN: Apareceu em 23 de julho de 1990 e de forma intermitente até meados de 1999,poucos meses antes da última tirinha ser publicada.























Foi a namorada de Charlie Brown durante cerca de dois anos, e ele gostou dela tanto ou mais do que da Menina Ruiva; aliás,Peggy tinha cabelos castanhos.

Eles se conheceram em um acampamento de verão, e por causa do nervosismo extremo, ele deu o nome de "Brownie Charles", que ela continuou a usar; ele ligou para Linus só para contar que a menina o beijara e dissera que o amava.













Algum tempo se passou, ficaram se correspondendo, mas as cartas começaram a voltar,porque Peggy Jean havia se mudado sem dar o novo endereço e nem o telefone; eles se reencontraram no novo acampamento de verão, e ela revelou-lhe que tinha outro namorado que estava esperando no campo de futebol, deixando Charlie Brown com o coração partido.

Como sempre,Snoopy socorreu-o com uma palavra de conforto.






















EMILY: Apareceu em 11 de fevereiro de 1995 e algumas vezes em 1996 e 1999.




















Ela dança com o Charlie Brown quando ele precisa melhorar o humor.

Numa aula de dança de salão, essa menina pediu que Charlie Brown dançasse uma valsa com ela.

Estranhamente, depois ninguém se lembra de tê-la visto.















Às vezes aparece junto com Snoopy, o que geralmente leva a um fim prematuro dessas visitas.

Após a primeira aparição de Emily na tirinha, foi revelado que ela era nada mais do que uma imaginação de Charlie Brown.




















MARY JO: Apareceu apenas na animação para TV “Um Dia Você Vai Encontrá-la,Charlie Brown”.


















Foi mais um "verdadeiro amor" de Charlie Brown,que a viu pela primeira vez em uma transmissão de Super Bowl XVI; ela estava na arquibancada e a câmera deu um close de poucos segundos. Foi o suficiente para ele se apaixonar.

Ele pediu a Linus que o ajudasse a encontrá-la,e foram ao estádio,onde conseguem uma lista de nomes e endereço que os leva a uma fazenda.

O problema é que localizam a casa da menina,que abre a porta...e Linus vê que ela também usa um cobertor de segurança - lógico que se apaixona imediatamente - além de perceber que ela sentiu o mesmo por ele.

De longe, na calçada, aflito e ansioso, Charlie Brown não percebe nada disso.

Os dois entram na casa, e Charlie Brown aguarda do lado de fora até o anoitecer; Linus sai ainda mais apaixonado por Mary Jo, e Charlie Brown, após saber e protestar, sai correndo e gritando a descrença no fato da potencial namorada ter sido roubada por seu melhor amigo.















Andando para casa, deprimido, ele ainda tenta se auto-iludir pensando que tudo é um sonho; chega em casa, dorme durante o resto da noite, até que haja uma batida na porta, na manhã seguinte; ele torce para ser May Jo. Era Snoopy querendo comida.

Charlie Brown conversa com Linus e logo este se despede porque vai a um churrasco na fazenda da menina.

Charlie Brown fica só e pega um livro, lê dois velhos ditados sobre o amor - que não servem de consolo em nada - e em seguida suspira.











Charlie Brown nem desconfia, porém há duas meninas interessadas nele:


PATTY PIMENTINHA/PATRÍCIA REICHARDT: Apareceu em 22 de agosto de 1966.



















Nos esportes, uma vencedora, entretanto, dorme nas aulas e tira notas baixas; mesmo sendo bem-humorada, não entende como é que "certas crianças escondem-se num país de faz de conta e fantasia" e corta imediatamente qualquer vôo de imaginação.

O cabelo desalinhado cobre-lhe os olhos; está sempre de camisa listrada e sandálias. Apareceu na tirinha como amiga de um garoto chamado Roy, que Charlie Brown havia conhecido no acampamento de verão em 1965.

Gosta de Charlie Brown – vive conversando no telefone com ele e é a única a chamá-lo por um apelido: Chuck (traduzido no Brasil como “Minduim” em função do nome “Peanuts”) o que o deixa sem graça - mas nunca admite isso nem para si. Também costuma chamá-lo, carinhosamente, de "Velho cão matreiro".


















Jamais se deu conta de que Snoopy é um cachorro – ela o trata como se fosse uma criança, um garoto amigo de Charlie Brown (ou, nas palavras dela: “Um cara engraçado de nariz grande” ou “Um garoto muito estranho e calado”). Na sala de aula senta na frente de Marcie, sua melhor amiga, a quem costuma dizer freqüentemente "Você é estranha/esquisita".





MARCIE JOHNSON: Apareceu em 18 de junho de 1968.



















Tímida,míope,boa aluna,estudiosa,a única menina que não maltrata Charlie Brown - por quem é apaixonada secretamente - totalmente avessa a qualquer tipo de esporte,é o oposto de Patty,a quem trata sempre por "Sir" (“Senhor” ou "Meu", como na tradução no Brasil),e usa como cobaia das suas criações de costureira.













Voltando ao difícil cotidiano de Charlie Brown, ele vive atormentado por dois monstros - um, vegetal, e outro,humano:





ÁRVORE COMEDORA DE PIPAS: Apareceu em 12 de abril de 1956.




















É muitas vezes representada com grandes dentes e sorri sarcasticamente quando Charlie Brown se aproxima com uma pipa, porque sabe que ela fatalmente se enganchará em seus galhos para ser devorada após uma ruidosa mastigação.

Charlie Brown observou certa vez que sem ele, a árvore poderia "morrer de fome."

Para vingar-se, ele já mordeu-a e fugiu de casa - com medo de ser punido pela Agência de Proteção Ambiental – e ela foi derrubada por fortes ventos durante uma tempestade, mas voltou para assombrá-lo.

Lucy Van Pelt uma vez jogou o piano de Schroeder para a árvore,que o comeu. Ela ameaçou fazer o mesmo com o cobertor de Linus.

Além de ser capaz de comer os objetos não comestíveis, a Árvore Comedora de Pipas tem algumas outras características estranhas: não é, aparentemente, enraizada no solo, visto que em uma ocasião  foi direto à porta da frente da casa de Charlie Brown, que disse que a odiava.


Ela pode até mesmo distinguir entre os diversos "sabores" de pipas, uma vez estremeceu visivelmente com a noção de Charlie Brown poderia desistir de empiná-las; também pode regurgitá-las, além de cuspir os paus como se fossem ossos; quando Charlie Brown chutou o tronco dela, machucou o pé, e concluiu que a árvore "tem o estômago duro."

A Árvore Comedora de Pipas apareceu também na animação A Boy Named Charlie Brown.


A outra criatura monstruosa só poderia ser...




LUCILLE (LUCY) VAN PELT: Apareceu na tirinha em 03 de março de 1952.




















É irmã de Linus e Rerun,uma menina mandona que se auto-intitula psiquiatra de formação acadêmica, e cobra cinco centavos (pagos antecipadamente,é claro) por suas consultas sem que ninguém a questione sobre a autenticidade de seu “título” ou eficiência, e que de vez em quando ainda contrata ajudantes, dentre os quais estiveram dois ex-clientes: Snoopy e Woodstock.























Ela também é sarcástica,traiçoeira, ferina, egoísta, fofoqueira e egocêntrica - a ponto de não admitir que alguém não goste dela - cujas principais metas de vida são tomar o lugar de Charlie no time de beisebol, e também sempre impede que ele chute uma bola de futebol americano, tirando-a da frente na última hora e fazendo-o levar um tombo - e conquistar o coração de Schroeder.






































SCHROEDER: Surgiu em 30 de maio de 1950,e a última aparição foi em 12 de setembro de 1999.


















Tem cabelos louros curtos,e quase sempre usa uma camisa listrada de roxo e preto. Depois de Snoopy e Linus, é o melhor amigo de Charlie Brown, que o apresentou ao primeiro piano e costumava ler para ele a história da vida de Beethoven.

Já nasceu pianista e só pensa em música; passa os dias executando Beethoven num piano de brinquedo, com um talento e um virtuosismo notáveis. Especialistas da vida real afirmam que ele possui "ouvido absoluto".

É normalmente muito passivo, mas pode ser irritado com facilidade, especialmente se sua música ou o seu ídolo são insultados.

Seu endereço é 1770 James Street, fácil dele lembrar porque é o ano do nascimento de seu ídolo. É tão fanático que chega a esquecer o próprio aniversário, mas não admite que esqueçam o de Beethoven: 16 de dezembro.


Schroeder tem um armário inteiro cheio de bustos de Beethoven e outro lotado de pianos. A única vez que Schroeder aceitou um presente da Lucy foi quando ela deu-lhe um esboço de Beethoven; ela ficou chocada ao descobrir que ele já tinha um retrato gigantesco - do tamanho da parede - pendurado em seu quarto.






















Ele gosta de tocar só para quem entende: Linus e Snoopy, mas sua maior fã é mesmo Lucy,que além de não ver nenhum retorno financeiro para tamanho amor à música (e ela não compartilha desse sentimento) para seu completo desgosto,é incapaz de reconhecer a Sonata em Fá Menor (Schroeder usa o primeiro compasso da Sonata para assobiar chamando Snoopy).

Lucy, apaixonada, freqüentemente inclina-se no piano enquanto ele está tocando,e se declara - às vezes, ele fica tão irritado que puxa o piano de debaixo dela e leva-o para longe - porém Beethoven era um solteirão, e Schroeder acha que deve imitar todos os aspectos dele, mesmo que se insinue que ele retribui os sentimentos da menina.

Quando ela se mudou para fora da cidade com a família por um certo tempo, Schroeder tornou-se frustrado com a música e murmurou incrédulo que sentia falta dela, percebendo que, apesar de sua animosidade, ele não podia tocar sem sua musa.

Schroeder deu apenas um beijo no rosto de Lucy – ela lhe deu um cupcake com a imagem de Beethoven como presente de aniversário - mas quando ela se virou, viu Snoopy ao lado,achou que foi ele quem a beijou, e em seguida saiu correndo e gritando.


















No time de beisebol, ele é o apanhador , embora sempre seja visto andando de volta para o monte com a bola, nunca jogando-se ou correndo,mas ele não quer que o outro time descubra a sua falta de habilidade. Respeita Charlie Brown como técnico.


























LINUS VAN PELT: Apareceu em 19 de setembro de 1952.


















Irmão de Lucy e Rerun,é tão inseguro que vive chupando o dedão. Fetichista: agarra-se ao seu cobertor azul – imundo - como um náufrago ao salva-vidas. Um dia as meninas tomaram o cobertor para lavá-lo. Linus ficou em estado de choque até ele ser devolvido.

Apesar de emotivamente retardado devido à imensa insegurança, é intelectualmente precoce, o filósofo da turma, apaixonado pela professora, Miss Othmar, que tem voz de trombone, e, como todos os adultos, é invisível; ela se casou e deixou de lecionar durante alguns anos, mas voltou como Mrs Hagemeyer.





















E todos os anos, no Halloween, Linus senta no meio do campo para esperar pela Grande Abóbora - a quem antes escreve cartas - embora jamais a tenha visto.





















De acordo com Linus, ao escrever para a Grande Abóbora, você não pedir-lhe para trazer-lhe alguma coisa específica: você espera que ela lhe traga algo que mereça.

Na noite de Halloween, a Grande Abóbora surge do remendo de abóbora que ele considera o mais " sincero ", e em seguida voa para entregar brinquedos a todas as crianças que fizeram algo bom no mundo.

Linus explica que desta forma, Papai Noel (as crianças dizem a ele nas cartas exatamente o que querem) doa brinquedos porque é seu trabalho,enquanto a Grande Abóbora dá brinquedos porque sente que está cumprindo uma obrigação moral.


Ele já tentou êxito nessa experiência com toda a turma - até Snoopy e Woodstock - e uma vez Patty Pimentinha informou-o de que pedira à Grande Abóbora uma luva de beisebol, e o menino,profundamente indignado, expulsou-a por "ofender a Grande Abóbora e o espírito do Halloween.".

Sally Brown,por amor a Linus,sempre vai à plantação de abóboras para esse plantão anual,



















entretanto,uma vez deu-lhe uma grande bronca porque perderam as "gostosuras e travessuras" do Dia das Bruxas.






















Quando Charlie Brown perguntou a Linus quando ele iria "parar de acreditar em algo que não é verdade", Linus retrucou que seria quando o amigo parasse de acreditar em Papai Noel.

Charlie Brown concluiu que eles são,“obviamente,separados por diferenças confessionais".

























SALLY BROWN: Nasceu em em 26 de março de 1959: Charlie Brown recebe um telefonema do hospital e vai correndo para fora da casa gritando que tinha uma irmã bebê, e depois distribuiu charutos de chocolate.



















Ela foi crescendo aos poucos e tem pânico de ir para o jardim de infância. Ao contrário das outras crianças, não se interessa muito por esportes.

Super-criativa, dá tiradas filosóficas que beiram o puro non-sense,é muito crítica, séria, teimosa (até que provem o contrário, ela é a dona da razão) mas é generosa.

Seu passatempo favorito é assistir TV. Prefere confiar seus problemas ao o prédio da escola, que a protege muito: solta um tijolo em qualquer um que não tratar bem a menina.

Ela sempre luta com a lição de casa, apesar dos esforços do paciente Charlie Brown para ajudá-la, e tem uma antipatia especial pela matemática, que considera intimidante e incompreensível; no entanto, manifestou interesse em se tornar enfermeira quando crescesse, devido à vontade de usar sapatos brancos, em oposição ao trabalho em si.

Apaixonada por Linus - que fica embaraçado com isso - quando chama-o de "meu namorado", ele sempre a rejeita com uma resposta sarcástica. Ela também o apelidou de "Sweet Baboo" ("Doce Babuíno"), e quando Linus diz algo que Sally considera muito espirituoso e inteligente, expressa a admiração perguntando: "Ele não é a coisa mais fofa?"

















Não importa o quanto vigorosamente ele proteste,porque a devoção de Sally continua inabalável, mas quando ela o tratou com indiferença em um dos episódios animados, ele teve ciúmes.





















É interessante lembrar que originalmente foi Linus que expressou um possível interesse romântico em Sally : em uma tirinha publicada logo após o nascimento dela, ele é visto rabiscando cálculos sobre uma cerca. Quando Charlie Brown passa, Linus pergunta: "Quando eu tiver 22 e Sally 17, você acha que ela vai sair comigo?"


Sally foi o primeiro personagem a fazer amizade com Eudora - provavelmente o último grande personagem a ser introduzido na tira - durante a viagem ao acampamento de verão em 1978. Ela tornou-se colega de classe de Sally no final daquele ano, e foi a amiga mais próxima da irmãzinha de Charlie Brown.







EUDORA: Apareceu em 13 de junho de 1978 e desapareceu em 13 de junho de 1987.






















No ônibus para um acampamento, fez amizade com Sally Brown e acabou se apaixonando também por Linus. Usa um gorro e tem cabelos lisos e longos.

No time de beisebol de Charlie Brown, tomou o lugar de Frieda, ao lado de Lucy Van Pelt.

Pode ser o único personagem tão propenso a lapsos mentais como Sally (por exemplo, fazer uma reportagem sobre o Guia de TV) e ainda se juntou à amiga para esperar a Grande Abóbora.

Tudo ia bem até que Eudora deu em cima de Linus, que, hipnotizado por um simples sorriso, acabou – espantosamente – dando de presente seu amado cobertor.






















Isso causou imediata reação de Sally Brown,que foi tirar satisfação com Eudora,porém não resolveu a parada.












Linus tentou delicada e timidamente - bem ao seu estilo - recuperar o cobertor,mas não deu certo. Foi desarmado por um beijo.No rosto,lógico.E Sally protestou de longe.












Linus pediu a Snoopy para pegar seu cobertor de volta com Eudora,e o beagle topou ajudá-lo. E apelou pro seu charme pessoal.
























Enquanto travolteava - crente que estava abafando - Snoopy recebeu a terrível revelação: Eudora dera o cobertor de Linus para ninguém menos que o abominável gato da casa ao lado. "Sacanagem" é pouco pra definir isso.













A partir de então,rolou uma micro-novela que poderia ser intitulada “O Resgate”, a qual teve um desfecho surpreendente. Confira:




















































CONCLUSÃO: Woodstock deve conhecer o célebre "jeitinho brasileiro".






FRANKLIN ARMSTRONG: Apareceu em 31 julho de 1968.



















Filho de um soldado que estava lutando no Vietnã, conheceu Charlie Brown numa praia,e se divertiram jogando bola.

Depois Charlie convidou Franklin para visitar sua casa, sua cidade e seus amigos.

Mais tarde Franklin começou a aparecer como jogador central de beisebol para Patty Pimentinha.

Ele é pensativo e gosta de citar o Velho Testamento, tão entusiasticamente quanto Linus, embora seja menos ansioso e obsessivo.

Desde o início, estabeleceu-se como um comentarista irónico. Ao contrário de Shermy, que viveu entre esses personagens sem perceber suas excentricidades, Franklin sempre foi meio convencido de que os amigos de Charlie Brown formam uma coleção de lunáticos, e como Linus gradualmente abandonou a função de distribuidor de conselhos, Franklin herdou esse papel: se estiver citando seu avô ou simplesmente tomando nota das peculiaridades da vida, ele raramente permite que qualquer grande mudança social fique sem uma análise de mérito.










FRIEDA: Apareceu em 6 março de 1961 e desapareceu 20 de março de 1975. Foi vista pela última vez na tirinha de 22 de novembro de 1985.




















Com o cabelo vermelho naturalmente encaracolado,do qual muito se orgulha, acreditava que as outras meninas tinham ciúmes dele, e muitas vezes se decepcionava ou tinha depressão quando elas negavam.


Era a única menina no time de beisebol de Charlie Brown - a quem sempre tratou bem - que não usava um boné. Costumava usar um vestido, geralmente roxo. Sentava atrás de Linus na sala de aula; tornaram-se amigos, e ele apresentou-a a alguns outros personagens.

Houve um clima ruim com Lucy na apresentação,mas viraram amigas e conversavam a maior parte do tempo durante as partidas de beisebol.

Em seguida, Lucy teve ciúmes de Frieda, que fez questão de contar que por ser amante de música, estava saindo com Schroeder, a quem tentou beijar quando ele estava tocando piano,mas quando abriu os olhos, viu que quem ganhou o carinho foi Snoopy, o qual,tempos depois,incentivou uma briga das duas.























Tagarela, mas com sensibilidade, foi uma das poucas crianças que não viram a necessidade de um cobertor de segurança como uma coisa ruim, e Linus, seu colega de classe, ficou tão agradecido, que beijou sua mão.

Espantosamente ela considerava Snoopy "preguiçoso" e "inútil",porque é um cão que pertence a uma raça de trabalho, e se recusa a caçar coelhos.







FARON: Apareceu pela primeira vez em 23 de maio de 1961 e a última aparição foi em 20 de novembro de 1961.
























Frieda tentou acabar com o destaque para Snoopy, e assim apareceu com um gato de estimação,mas Faron não deu nem para a saída.















Era tão preguiçoso que nunca andou,sempre era carregado; só uma vez miou,assustando Snoopy.







PIG PEN/CHIQUEIRINHO: Apareceu em 13 de Julho de 1954 e declarou não ter um nome; desenvolveu uma paixão por Violeta. Última aparição em 8 de setembro de 1999.





















Sai de casa lindo e penteado, e depois de um segundo, os cordões do sapato se desamarram, as calças caem-lhe sobre os quadris, os cabelos se inundam de caspa, a pele e a roupa ficam cobertas de uma camada de lodo.

Consciente desta vocação para a sujeira, Pig Pen debocha: "Sobre mim se adensa a poeira dos séculos inumeráveis...".









RERUN VAN PELT: Apareceu em 26 de março de 1973.






















Freqüentemente confundido com Linus, é o caçula e também menos cético, apesar de mais difícil de ser convencido de alguma coisa; está sempre perto de Lucy e Linus, e com apenas um ano de idade falava frases completas e jogava beisebol.

Tem de andar na garupa quando sua mãe vai às compras de bicicleta, por isso usa capacete.

Rerun também sempre quis ter um cachorro,mas como o pai é contra, ele costuma pedir Snoopy emprestado a Charlie Brown.

É claro que Snoopy aceita, desde que Rerun lhe dê biscoitos.







Charlie Brown é o melhor amigo e dono de Snoopy,um beagle pra lá de especialíssimo.






















SNOOPY: Estreou na tirinha dois dias após o surgimento de Peanuts,em 04 de outubro de 1950.Inicialmente se chamaria Snuffy (ou Sniffy), mas já existia uma tira em quadrinhos com esse nome.

Na tirinha de dia 18 de marco de 1971, Snoopy escreveu em sua autobiografia: "Nasci numa manhã de primavera na Daisy Hil Puppy Farm. Eu era um dos oito filhotes”,ou seja,nasceu em maio. Claro,ele deve ser geminiano com ascendente em Peixes ou Aquário (ou mesmo em Gêmeos) pra explicar essa personalidade tão,digamos,sui-gêneris. Chovia muito na noite anterior ao parto.





















Sua mãe é chamada Missy, mas apareceu apenas uma vez em Peanuts, em 26 de julho de 1996. É famosa por seu pudim de tapioca. A ninhada era linda, como se vê na animação para TV "Reunião do Snoopy".


















O fazendeiro ficou muito satisfeito.




















E Missy nem desconfiou do que estava para acontecer.






















Até ler a placa de "Vende-se filhotes".




















Do pai,cujo nome é desconhecido,sabe-se apenas que é aposentado, vive na Flórida, e costumava correr com os cães de caça, mas secretamente ia na frente e avisava os coelhos. Usa óculos e bigode. Apareceu em 18 de junho de 1989.





















Snoopy e seus irmãos têm o dom da música, e banda se chama DAISY HILL PUPPIES.





















Da Esquerda Para A Direita: Marbles, banjo; Olaf, jug, Molly, bandolin; Spike, violino 1; Snoopy,Guitarra; Andy, bateria; e Belle, violino 2.





ANDY: Apareceu em 14 fevereiro de 1994.














Parecido com Snoopy, mas tem pelos mais compridos, toca bateria e às vezes tropeça ao carregá-la. Mora na fazenda onde nasceu.







BELLE: Apareceu em 28 de junho de 1976.
















Mora em Kansas City,Missouri,toca violino,e tem um filho adolescente, magro,alto,sem nome,que se supõe um beagle de raça pura, embora Snoopy pense que ele se parece mais com a Pantera Cor-de-Rosa. O marido/pai abandonou-os.

Nas fantasias de Snoopy como piloto na Iª Guerra Mundial, ele periodicamente se reúne com Belle e Spike na Frente Ocidental, onde ela é enfermeira da Cruz Vermelha e o irmão é um soldado.

Nesses enredos,ele às vezes põe a mãe como a heroína que antes de retornar a Paris, salta de um navio e dá pudim de tapioca para o soldado Spike se recuperar num hospital de campanha, enquanto o carrinho da enfermeira Belle vira uma ambulância.









MARBLES: Apareceu em 28 de setembro de 1982.

















O pintadinho (orelhas malhadas) é considerado o mais inteligente da família, muito intelectual, e desenvolveu um projeto de investigação sobre o modo de andar de alguns cães. Gosta de tocar banjo e usa sapatos.

Ele e Belle costumam aparecer ou mandar cartas para Snoopy.

Ao contrário de Spike e Belle, ele não participa das fantasias de Snoopy sobre a Iª Guerra Mundial: não acredita que a casinha do Snoopy é um Sopwith Camel, por exemplo,

Fez as primeiras visitas a Snoopy depois de enviar um cartão postal,no qual tristemente explicou que perdera sua casa.








MOLLY: Nunca apareceu nas tirinhas,só na TV ("A Reunião do Snoopy").


















Mimada,mora numa casinha luxuosa e se orgulha de ter a própria maquiagem.









OLAF: Apareceu em 19 de janeiro de 1989.















Gordinho,bem-humorado e arguto, originalmente chamado Ugly Olaf,usa um boné de caça,e agora se mudou da fazenda para a cidade de Orange,onde é gerente de manutenção de uma loja de departamentos.

Seu livro favorito ainda é "Joe Bunny", que sua mãe lia para ele quando era filhotinho.








ROVER: Jamais apareceu nas tirinhas, só na TV ("A Reunião do Snoopy").














Não há informações sobre ele,exceto que tem orelhas marrons,toca bandolim e guitarra.







SPIKE: Apareceu em 13 de agosto de 1975.
















Foi comprado por uma família rica, a julgar pela limusine, mas é visto mais tarde vivendo sozinho dentro de um cacto no deserto localizado numa área selvagem das Montanhas Whipple Wilderness,a 80 quilômetros ao sul de Agulhas/Needles, Califórnia, e a razão disso é desconhecida. Ele se vira - como todo cão abandonado.











De vez em quando visita Snoopy, que retribui como Escoteiro Beagle.

É magro, cultiva longos bigodes, tem um olhar muito sonolento,usa chapéu e gosta muito de ler e tocar violino.

Seus melhores amigos são os cactus e os coiotes (embora de vez em quando tenha problemas com estes últimos).























Voltando ao Snoopy, ele teve como primeira dona uma menina chamada Lila, mas foi devolvido porque a família se mudou para um prédio onde cães não eram aceitos.




















Em seguida ele foi comprado pelos pais de Charlie Brown como presente de consolo, depois que um menino com quem estava brincando atirou-lhe areia no rosto.


Foi amor à primeira vista entre o garotinho e o pequeno beagle.

























Ali começava uma amizade eterna,somente possível entre um cão e seu dono.























E esse amor aumentou ainda mais com a convivência diária.



















No filme "Volte Para Casa,Snoopy",e também na tirinha,ele recebe uma carta de Lila e vai com Woodstock vê-la num hospital; a contragosto, após uma festa de despedida dos Peanuts,é levado para o prédio dela,onde se libera do compromisso de ficar ao descobrir que ela possui um gato - ele odeia felinos,como o mundo inteiro sabe - e mostrar a placa que proíbe cães ali.












Em seguida,volta com Woodstock para a casa de Charlie Brown.






















Os dois foram recebidos com muita alegria pelas crianças.





















Em 24 de novembro de 1972, enquanto acompanhava Woodstock em sua migração de inverno, Snoopy percebeu que estavam perto, e decidiu mostrar ao amigo onde nasceu; infelizmente descobriu que a fazenda virou um prédio de estacionamento de seis andares.

Chocado, Snoopy desabafou, chorando: "Você,gente estúpida! Você está estacionada na minha memória!".


















Como se nota,é um cão que entende perfeitamente os seres humanos.

Bilingue, porque compreende um pouco de servo-croata e também de francês,já que sua ração destina-se a "cães que voaram na Iª Guerra Mundial e compreendem um pouco de francês".

Fracassou no curso de Geometria
















que era a desculpa para não continuar a aprender golfe.




















Sabe o que é um cão, mas não se aceita e procura ser o que não é; já assistiu "Cidadão Kane" 25 vezes, e dorme no telhado da casinha pra ver quando eles - os ETs - começarem a descer. Preocupa-se com o colesterol,lê "Guerra E Paz" de Leon Tolstói (à taxa de uma palavra por dia)






Image and video hosting by TinyPic







tem medo de aranhas, não fuma para não ter câncer, odeia gatos, doce de côco e bolachas, sente claustrofobia quando se embrenha em capim alto, não dispensa o banho de sol,ama pizza e cerveja de raiz,pode ouvir alguém comer marshmallows e biscoitos à distância, ou até mesmo descascar uma banana,é super-habilidoso com bolinhas de sabão,toca acordeão (apesar do repertório limitado a " polcas,valsas e schottisches"),é capaz de desaparecer, como o Gato de "Alice no País das Maravilhas",pode usar as orelhas para voar como um "whirlydog", tornando-se um helicóptero canino pilotado às vezes por Woodstock  -  ou por si mesmo -  para transportar algum amigo,como Linus.




















Sente pânico ao pensar ou ver pedaços de gelo balançando em cima da sua casa (destruída por um deles em 13 de fevereiro de 1960; pouco tempo antes (26 de julho de 1959) foi atingida por uma árvore, devido a uma perseguição gerada pelo cobertor de Linus; e queimada até o chão (19 de setembro de 1966), e ainda danificada severamente por seu invisível arqui-inimigo chamado de "Terceira Guerra Mundial" ou "Gato estúpido da porta ao lado" - aliás, Snoopy não gosta de gatos em geral, comentando que eles são "as ervas daninhas no relvado da vida", e se ofende com a expressão "Gatos e cães", insistindo que o correto é "Cães e gatos" - e tudo isso exigiu várias construções, mas com um detalhe: a nova sempre é mais opulenta por dentro do que a anterior.

A primeira casa do Snoopy foi construída pelas crianças em 1953,e era muito maior por dentro do que o que parecia por fora - característica mantida até hoje - e pode abrigar todos os membros do time de baseball de Charlie Brown em dois andares separados por uma escada,um foyer atapetado; tem uma grande planta (levada pelas crianças para tomar sol esporadicamente), um closet espaçoso, uma grande área subterrânea, cozinha requintada,equipamento de som,uma mesa de ping-pong e outra de bilhar, TV,rádio-relógio, discos, livros, um painel no teto contando a história da Humanidade (pintado por Linus em 1964), banheira de hidromassagem, quarto de hóspedes,biblioteca, beliches, chuveiro e um relógio de pêndulo; o sótão tem uma piscina; há ainda na casa um quadro de Andrew Wyeth,que substituiu o autêntico Van Gogh destruído num incêndio em 1964.









É uma casa tão especial, que até já funcionou como uma linha aérea comercial,com Snoopy como piloto. Marcie serviu de aeromoça quando Schroeder foi ao acampamento de piano.

A principal função dela - quando o telhado não está ocupado por Snoopy como escritor ou dormindo, é mesmo ser uma máquina de guerra.

























Incansável como todo beagle,Snoopy tem uma imaginação absurdamente fértil

























e por isso encarna diversos personagens - mais de 100 - além do piloto da Iª Guerra Mundial:







Advogado: Uma vez defendeu Peter Rabbit das acusações feitas por Mr. McGregor. Representou Peppermint Patty contra a Diretoria da escola, o espantalho contra o fazendeiro e corvos, e Chapeuzinho Vermelho contra o lobo que comeu a avó dela.























Astronauta: Chegou à lua antes de Neil Armstrong & Cia. Na vida real,Snoopy é mascote da NASA.

























E é claro que ele - já impossível em termos de vaidade pelo fato de que os astronautas da Apollo 10 deram os nomes de Charlie e Snoopy a seus veículos de órbita e de pouso - tratou de esnobar.















Bailarino (tem sua própria coreografia: a Dança do Snoopy).





























Escritor Famoso: Que na realidade chegou a publicar uma vez, numa história de Outubro de 1995, na qual uma cópia da sua obra sem nome foi escrita, mas resultou num fracasso de vendas.























ERA UMA NOITE ESCURA E TEMPESTUOSA

Por Snoopy


Parte I


Era uma noite escura e tempestuosa. De repente, um tiro ecoou!

Uma porta bateu. A empregada gritou.

De repente, um navio pirata apareceu no horizonte!

Enquanto milhões de pessoas estavam morrendo de fome, o rei viveu no luxo.

Enquanto isso, em uma pequena fazenda no Kansas, um menino foi crescendo.



Parte II


Uma neve fina caía, e a menina com o xale esfarrapado não tinha vendido uma violeta durante todo o dia.

Naquele exato momento, um jovem estagiário no Hospital da Cidade foi fazer uma descoberta importante.

O paciente misterioso da Sala 213 tinha finalmente despertado.

Ela gemia baixinho.

Será que ela era a irmã do menino em Kansas que amava a menina com o xale esfarrapado que era a filha da empregada que tinha escapado dos piratas?

O estagiário fez uma careta.

"Stampede!", gritou o capataz, e quarenta mil cabeças de gado estrondeavam sobre o campo pequeno.

Os dois homens rolaram no chão lutando sob os cascos assassinos.

A esquerda e uma direita. Uma esquerda. Outra esquerda e direita. Um uppercut no queixo. A luta acabou.

E assim, a fazenda foi salva.

O jovem estagiário sentou-se em um canto do café.

Ele havia aprendido sobre a Medicina, mas mais importante, ele tinha aprendido algo sobre a vida.

FIM
































Flashbeagle: Snoopy participou de uma parodia de Flasdance. Adorou.












Joe Cool: Universitário que fica de óculos escuros encontado na casinha,numa parede ou árvore, sem fazer nada.





















Beagle Solitário: O primeiro cão a voar sozinho sobre o Atlântico.





















Patinador Olímpico: Houve até uma performance com a lendária Sonja Henie.






















Jogador de Hóquei no Gelo: E o Woodstock sempre treina com ele,é lógico.





















Legionário Estrangeiro: Acho que Snoopy não aguentaria a solidão,e assim vai para lá com Woodstock e a mini-tropa de passarinhos.







































É o melhor batedor do time de beisebol (quase bate o recorde de Babe Ruth de 714 home runs antes de Hank Aaron)





















Abutre: Sim, ele posui esse estranho alter ego também.



















E ainda arruma tmpo para jogar tênis.













E fazer muitas mágicas.


















Snoopy também serviu um curto período como "Cabeça Beagle", o cão aparentemente responsável por todos os outros cães do mundo.. As pressões e as responsabilidades do trabalho tornaram-se demasiadas, e ele foi substituído.

Ele só não se sente totalmente realizado porque, além de não pertencer à espécie humana, toda vez que está voando para a França no seu Sopwith Camel...

















é derrubado pelo Barão Vermelho,a quem jurou pegar um dia.



























Snoopy é um cão extrovertido com complexo de Walter Mitty - personagem central do conto “The Secret Life of Walter Mitty, de James Thurber, publicado em 18 de março de 1939 pela revista The New Yorker - que em 1942 deu origem ao livro “My World – And Welcome To It”,e,em 1947, a um filme dirigido por Norman McLeod, que tinha Danny Kaye no papel de Mitty.

No conto de 1939, Walter Mitty é apresentado como um homem de meia-idade que leva uma vida pacata e tem uma mulher que o desautoriza constantemente.

A história se passa no período de, aproximadamente, meia-hora, no qual sua mulher vai ao salão de beleza.

Enquanto espera, Mitty fantasia ser o comandante de um navio prestes a afundar, um cirurgião renomado, um criminoso no banco dos réus e um capitão em meio a uma guerra – embora tudo que ele tenha feito durante esse tempo tenha sido estacionar o carro, comprar ração para o cachorro e sapatos para si mesmo.

O termo “Walter Mitty” tornou-se comum na cultura norte-americana e passou a designar pessoas sonhadoras, que vivem fora da realidade e geralmente são pouco eficientes.

Ele consta inclusive em dicionários: no American Heritage Dictionary o verbete “Walter Mitty” significa “an ordinary, often ineffectual person who indulges in fantastic daydreams of personal triumphs”.








Apesar das dificuldades com os outros humanos,Charlie Brown - que pode ser encarado como uma representação da realidade humana,com suas angústias e inseguranças - é feliz por ter a amizade de Snoopy (que seria como a imaginação e a fantasia juntas,para aliviar a vida com brincadeiras e sonhos de crianças e adultos) e a recíproca é válida, até porque lado a lado,formam o equilíbio e a harmonia.


























Snoopy tem outro grande amigo: o passarinho WOODSTOCK.























Inseguríssimo, Woodstock é o melhor amigo de Snoopy (depois de Charlie Brown), ao qual trata como confidente e muitas vezes fazendo-o de figura paterna.
























Não importa a ocasião, eles sempre estão juntos.

























































Image and video hosting by TinyPic

















Durante muito tempo, Woodstock teve medo de voar, e desde que venceu essa barreira, nunca foi capaz de fazê-lo em linha reta, só em ziguezague, muitas vezes de cabeça para baixo, e freqüentemente se choca contra as coisas.

Ele geralmente consegue chegar onde quer, desde que não ultrapasse três metros de altitude,porque senão o bico começa a sangrar. E quando há ventania, é bem pior: o vento carrega, Woodstock volta...e Snoopy se frustra quando a conversa é interrompida.























Segundo Snoopy, o Woodstock aprendeu no Vietnã a pilotar helicópteros. Outro fato interessante é que ele faz isso da mesma forma como costuma voar naturalmente.
























Woodstock fala apenas a linguagem dos pássaros, um alfabeto cheio de exclamações que expressam emoções, frustrações e seu real humor.

É também um hábil assobiador, faz ruídos - bocejos, risos, suspiros e "Z" s (indicam sono).






















Ele é pequeno,mas briguento - normalmente é gentil e leva as gozações e brincadeiras na esportiva, mas não hesita em peitar Snoopy se o amigo vai longe demais - afirma usar lentes de contato,e joga futebol americano, geralmente tentando pegar a bola, mas devido ao seu tamanho, às vezes fica enterrado no solo com a cabeça para fora.

Durante o inverno,Woodstock gosta de patinar ou jogar hóquei no gelo.


Um dos maiores traumas dele é a ausência da mãe. Inconformado com a lei da natureza que separa os pais dos filhotes quando estes alcançam certa idade, fica muito triste e deprimido no Dia das Mães,por sentir-se abandonado e sozinho no mundo.

Seu único objetivo é saber o paradeiro dela, para enviar-lhe um cartão no Dia das Mães.

Woodstock mora num ninho numa pequena árvore no quintal de Charlie Brown.





















Esse simpático passarinho amarelo que estreou oficialmente na tirinha em 1970 e cujo nome homenageia o festival de rock de 1969, é desengonçado e tornou-se o fiel escudeiro de Snoopy: quando o beagle está num dia de aviador, ele é seu mecânico; caddy no golfe (geralmente com alguma dificuldade),e nas fases em que Snoopy está escrevendo, Woodstock vira secretário de segunda a sexta-feira.




















Image and video hosting by TinyPic









Também é faxineiro nas horas vagas.
























O surgimento de Woodstock é difícil de ser precisado, porque em 1961 Snoopy inicialmente fez amizade com um grupo de pássaros – que passaram a visitá-lo anualmente, no período das migrações, e começaram a usar sua casinha como uma parada para descanso durante as migrações, um local de nidificação, ou um lugar para jogar cartas.

Em 1966, um pássaro fez um ninho na barriga de Snoopy e dele saíram dois filhotes,aos quais o beagle ensinou a voar; depois, um deles retornou, apresentando características muito parecidas com as de Woodstock. A partir daí, a presença deste pássaro torna-se recorrente, mas não se sabe seu nome. Além disso, seu vínculo com Snoopy ainda não é tão estreito nem afetivo quanto o de Woodstock.

A aproximação entre os dois é gradual: aos poucos, o passarinho assume funções na vida de Snoopy, como a de mecânico do Aviador da Primeira Guerra Mundial.

Em 1969, o pássaro amigo de Snoopy foi abandonado pela família. Como a trajetória de Woodstock não é linear, é difícil afirmar se o pássaro de 1966 é o mesmo de 1969, entretanto, é a partir daí que o vínculo entre os dois realmente se solidifica, porque ao ser largado no mundo, o passarinho começa a aparecer mais vezes e torna-se secretário de Snoopy em 1970,ano em que o beagle finalmente diz ter descoberto o nome de seu amigo: Woodstock.

Para Snoopy, o Woodstock é alguém que o entende e o aceita, ao lado de quem ele se sente confortável para viver suas fantasias,o único capaz de fazer-lhe companhia em todas as ocasiões pelo fato de serem animais e por isso comunicarem-se sem dificuldades: enquanto Snoopy se comunica com as crianças através de pensamentos e gestos, com Woodstock ele fala diretamente.

Ele reluta em comer as migalhas de pão atiradas ao chão, por não querer que ninguém pense que está mal de vida; quando Snoopy fez um Censo, perguntou o rendimento líquido,e Woodstock respondeu:" Quatro minhocas por dia".

Ele também odeia ser confundido com a espécie errada de ave (embora jamais se tenha sabido a qual pertence); Snoopy muitas vezes se perguntou que tipo de pássaro é Woodstock, e uma vez tentou identificá-lo com o auxílio de um guia, pedindo-lhe que imitasse diversas aves,mas desistiu e acabou magoando o amigo ao afirmar: "Pelo que sei,você é um pato".

Ao perceber o grave erro, Snoopy se desculpou com um abraço, deixando claro que não importa que tipo de pássaro é Woodstock, o único fato importante é que ele é o seu melhor amigo.


A dupla às vezes é acompanhada por outros sete pássaros amarelos: Bill, Harriet (possui mais penas na cabeça), Olivier Raymond (mais escura), Fred, Roy, Wilson e Conrad; embora muitas vezes só alguns apareçam,e é impossível dizer quais, pois todos parecem idênticos; mesmo assim, Snoopy é capaz de dizer as diferenças.






THE BEAGLESCOUTS: Apareceram em 9 de junho de 1974.

















Era uma tropa de escoteiros – Woodstock e os outros passarinhos - liderada por Snoopy,promovido logo após se perder na primeira excursão.












































Em uma tira de 1983, enquanto os Beagles Escoteiros fazem uma caminhada para bater fotos, Bill e Harriet se casam.






Image and video hosting by TinyPic







O grupo de emplumadinhos se dá bem com Snoopy, que é muito paciente com todos.




















Apesar de ter tantos amigos e ser uma celebridade mundial, Snoopy, talvez honrando o fato de que "O cão é o reflexo do dono", não conseguiu achar uma companheira: só teve desilusões amorosas.


No início de 1965, ele conheceu uma beagle em um rinque de patinação e se apaixonou; no entanto, o pai dela vetou o casamento porque ele nunca poderia permitir que sua filha se casasse com um rebelde vagabundo.

Findo esse romance, Snoopy começou a comer muito para tentar esquecê-la. Não deu certo: "Eu vou ter sempre algumas lembranças e uma barriga de gordura",reclamou.

Mais tarde, naquele mesmo ano, reviu-a na praia e tentou surfar para impressioná-la, mas Charlie Brown disse que ele estava fazendo papel de bobo,porque ela foi vista com um golden retriever, e isso partiu novamente o coração do beagle mais famoso do universo.


Em 1970,Snoopy foi a Daisy Puppy Farm (onde ele teria ensinado na escola dominical) para dar uma palestra sobre o Dia da Independência - 4 de julho – porém quando ia iniciar sua fala,foi impedido por estudantes que protestavam contra a Guerra do Vietnã. A polícia usou gás lacrimogêneo para controlar a multidão.

No meio da confusão, Snoopy correu para fora do prédio,e embora cego pelo gás, sentiu patas de uma beagle, que em seguida desapareceu.

Ele concluiu que diante da impossibilidade de reencontrá-la, só havia uma coisa a ser feita: "Voltar a comer".

Numa tirinha de 1977, enquanto servia como cão de guarda de Peppermint Patty, ele se apaixonou por uma poodle, Geneviéve.























Pediu-a em casamento, mas ela o abandonou no altar e fugiu com o padrinho – ninguém menos que Spike,o potencial cunhado, já que é irmão de Snoopy.

O castigo para Spike sobreveio rapidamente: quando eles chegaram em Needles: ela o trocou por um coiote. Esse episódio foi lembrado em “Snoopy Vai Casa,Charlie Brown”, só que houve uma adaptação: a noiva fugiu com um golden retriver.

Mais uma vez Snoopy ficou com o coração partido, e lamentou o fato de não ser um golden retriver,já que esse foi o segundo amor que perdeu para um representante dessa raça.

Em outro especial de TV – “ Life Is A Circus, Charlie Brown” - Snoopy apaixonou-se tão desesperadamente por uma poodle chamada Fifi,que fugiu de casa e a acompanhou num circo,adotando o nome artístico de "Hugo,O Grande".




















Com saudades de casa, ele decidiu voltar, e não conseguiu convencê-la a fugir, porque Fifi sentiu que seria mais feliz em sua vida circense.

E o coração de Snoopy mais uma vez ficou em pedaços,para ser reconstruído com o amor de Charlie Brown, das outras crianças, e de Woodstock & Cia; como sempre,a amizade é um poderoso elixir nessas horas,e escrever também ajuda.




Image and video hosting by TinyPic




Inspirado,ele produz sem parar.












E é um leitor exigente.

















Os personagens que não rendem boas situações, não têm características marcantes, e cujas estórias não evoluem,acabam com menos participações e até desaparecem.

Após essas datas, pode-se ainda vê-los ocasionalmente nas tirinhas ou animações, mas sem nenhuma referência específica a suas identidades (a identificação é possível apenas através das semelhanças gráficas).





SHERMY: Estreou a tirinha junto com Charlie Brown e Patty em 2 de outubro de 1950. Última aparição em 15 de junho de 1969, com possível reaparição em 9 de novembro de 1975.













































Foi muitas vezes retratado como superior nas coisas que importavam para Charlie Brown, especialmente o esporte.

Na primeira tirinha,ele disse a primeira frase,irritado com a indiferença de Charlie Brown a seu cumprimento.

Seu desaparecimento da tira foi ainda mais rápido e mais completo do que os dos outros personagens iniciais, Patty e Violet: já no final dos Anos 50, suas aparições foram tornando-se visivelmente raras.

A principal característica física de Shermy foi o seu cabelo curto e escuro, em um corte militar mostrado em 18 de abril de 1953,o qual manteve. Foi eliminado por ter pouca personalidade.










PATTY: Primeira personagem feminina da tirinha (estreou junto com Charlie Brown e Shermy em 2 de outubro de 1950). Última aparição oficial em 11 de abril de 1976. Reapareceu numa tirinha de 17 de abril de 1995.































Patty sempre foi interesseira e egoísta.










A cor do cabelo era castanho-claro,às vezes vermelho ou louro,e ela normalmente usava um arco/travessa laranja, combinando com o vestido. Por ser esnobe e cruel, virou a melhor amiga de Violeta. Já na segunda tirinha afirmou: "As meninas são feitas de açúcar e especiarias e tudo de bom”.

Era colega de classe de Shermy,enquanto Charlie Brown ainda não estava frequentando a escola. A Tia Agnes era a referência familiar dela, mas as duas não têm sobrenomes. Patty também é conhecida por humilher "Pig-Pen" porque ele está sempre tão sujo.








VIOLETA GRAY: Apareceu em 7 de fevereiro de 1951 e sumiu oficialmente em 16 de novembro de 1984,embora tenha reaparecido pela última vez na tirinha em 12 de novembro de 1996.






















Fazia tortas de lama. Era a melhor amiga de Patty – título transferido a Lucy Van Pelt posteriormente - e também andava com Shermy. Já como a melhor amiga de Lucy, freqüentemente usa vestidos verdes e rabo de cavalo. Tranças, só com jeans. Coleciona selos,joga basebol, e uma vez criou uma fazenda de brinquedo, com casa, galpão, trator e árvore. É um pouco esnobe, muito consciente das aparências e status. Fica implícito que sua família tem uma posição sócio-econômica superior à dos outros personagens. Os pais fizeram faculdade.

Muitas vezes Violeta olha de cima as pessoas que não conseguem atingir os seus padrões sociais, principalmente Charlie Brown - a quem gosta de humilhar e surrar - e critica Pig-Pen por sua incapacidade de manter-se limpo.

Ela foi humilhada duas vezes por Charlie Brown: a primeira quando ele contou que seu pai – um barbeiro – sempre lhe sorria,por maiores que fossem as dificuldades enfrentadas em um dia de trabalho, e a segunda, quando ele comentou: “Meu pai tem um filho”.

Violeta nunca desenvolveu uma personalidade forte,especialmente em comparação com os três personagens que foram introduzidos após a sua estréia (Schroeder, Lucy, e Linus).

Como o elenco de personagens cresceu, ela foi deixada com muito pouco a fazer além de antagonizar Charlie Brown,inclusive junto com Patty: as duas insultavam-no ainda mais do que a própria Lucy.

Ela foi o primeiro personagem a impedir Charlie Brown de chutar uma bola de futebol (em 14 de novembro de 1951), mas por medo de ele acertar-lhe a mão, enquanto a motivação de Lucy era a pura maldade.









CHARLOTTE BRAUN: Apareceu pela primeira vez em 30 de novembro de 1954; a última vez que ela apareceu foi em 1° de fevereiro de 1955.






















Originalmente concebida como uma contraparte feminina de Charlie Brown - apesar das semelhanças física e de nome, ela não guardava relação com ele, e se opôs veementemente à sugestão – e esse papel foi tomado mais tarde por Sally, a irmã caçula dele. Charlotte também tinha uma semelhança com Frieda,que apareceu alguns anos depois.











Charlotte falava muito alto, algo adotado mais tarde por Lucy Van Pelt,embora as duas nunca tenham aparecido juntas.

Charles Schulz decidiu abandonar a personagem após dez aparições, por falta de idéias e também por ela não ter uma personalidade bem desenvolvida.








55595472: Apareceu em 30 de setembro de 1963 e desapareceu nos Anos 70.


















Ele preferia ser chamado pelo apelido: 5. Como um novo garoto na escola, ao se conhecerem ele disse a Charlie Brown que os nomes de todos os membros da sua família são números,porque era um protesto do pai contra a grande quantidade desses símbolos na vida das pessoas.







3 E 4: Surgiram em 1º de outubro de 1963.Elas apareceram nas tirinhas até 1964,e uma vez em 1968.






















Gêmeas e caçulas da família de 5,e Charlie Brown comentou que esses são "Nomes femininos legais",e Lucy ficou espantada ao conhecê-las.














Na animação “A Charlie Brown Christmas”,3 e 4 apareceram vestidas de púrpura, e embora não tenham falado, se apresentaram dançando.






ROY: Apareceu em 11 de junho de 1965, e desapareceu da tirinha na década de 70, mas voltou uma vez em 1984.



















Conheceu Charlie Brown no acampamento de verão,onde, devido à mútua solidão,logo se tornaram amigos; encontrou Linus Van Pelt no acampamento, no verão seguinte, e mais tarde apresentou Patty Pimentinha a Charlie Brown e à turma.

Ele sempre usava um boné de marinheiro e jogou na equipe de beisebol de Patty Pimentinha, de quem foi o amigo mais próximo até Marcie entrar em cena,o que pode ter-lhe roubado o papel.







JOSÉ PETERSON: Apareceu em 1967. Depois disso foi raramente, ou nunca, visto novamente.




















Amigo de Patty Pimentinha, foi recomendado por ela a Charlie Brown como um rebatedor muito bom para o time de basebol.

Depois que Peppermint Patty ficou desapontada com a má qualidade da equipe,os dois fundaram um time na vizinhança.

Antes de se mudar para o bairro,ele viveu no Novo México e em Dakota do Norte.

Filho de um sueco-americano e uma mexicana-americana, foi um dos primeiros personagens hispânicos dos quadrinhos nos Estados Unidos.









CLARA,SHIRLEY E SOPHIE: Apareceram em 18 de junho de 1968.















Patty Pimentinha foi a monitora de tenda delas no acampamento de verão.

Clara se recusou a nadar sem um colete salva-vidas.

Shirley não integragiu com Patty Pimentinha após a primeira reunião.

Sophie é claramente mais jovem que Patty Pimentinha,a quem chamava de "Sir", em uma tentativa equivocada de mostrar respeito. Este hábito se tornaria mais tarde fortemente associado a Marcie (que se parecia muito com Clara).

Ela conheceu um "garoto pouco ansioso" do acampamento dos meninos... que na verdade era Snoopy, o que a torna a única personagem além de Patty Pimentinha a não saber que ele era um cachorro.








THIBAULT (Pronuncia-se “TI-BÔ”): Apareceu em 4 de junho de 1970 e também na animação The Charlie Brown e Snoopy Show.



















Ele pediu emprestada uma luva de beisebol de Charlie Brown (como um favor para Peppermint Patty),e depois do jogo se recusou a devolvê-la, dizendo: "Eu conheço o seu tipo.Você pensa que é melhor do que nós".

Charlie Brown,emocionado por achar que ninguém iria pensar nele como superior de qualquer forma,deu a luva a Thibault,que também entrou em conflito com Patty Pimentinha e Marcie,em 1973,depois que ele disse que ela não deveria estar jogando beisebol; isso enfureceu Patty, que o ameaçou de retaliação. Depois de insultar Marcie muitas vezes,apanhou dela.










POOCHIE: Apareceu em 7 janeiro de 1973.






















Ela foi praticamente a primeira pessoa a adotar o Snoopy, antes mesmo de Lila, na Daisy Hill Farm Puppy,mas não ficaram juntos devido a um incidente.

Poochie jogou um pedaço de pau para Snoopy buscar.Ele foi,feliz com essa brincadeira proposta pela menina,a quem queria mesmo agradar.

Como a vida sempre tem decepções profundas,na volta ele a viu indo embora com um English Sheep Dog,o que o fez guardar rancor durante muitos anos.

Foi ela quem primeiro começou a chamar o dono do Snoopy de Charlie Brown.

Poochie resolveu um dia rever Snoopy, e ele deu-lhe o troco de forma sarcástica.




















Ela não pode reclamar,pois Charlie Brown bem que avisou...








LORETTA: Apareceu em 22 de maio de 1974.





















Pouco depois que Snoopy fez sua primeira aparição como o mundialmente famoso Beagle Scout, ele encetou uma caminhada longa e rapidamente descobriu - para seu profundo constrangimento - que estava perdido.

A bem da verdade, ele não estava tão longe da civilização, mas a sua apreensão foi aliviada quando foi "resgatado" por Loretta, uma bandeirante com um grande dom para vender biscoitos.

Snoopy visitou-a algumas vezes, e depois Charlie Brown conheceu-a numa festa; achou que havia algum interesse dela nele,mas ao levá-la em casa,descobriu que a única intenção era vender-lhe uns bolinhos.






PRÉDIO DA ESCOLA: Apareceu em 31 de agosto de 1974.





















Apesar de Charlie Brown e seus amigos irem à escola desde que Peanuts estreou, nesta data o prédio da escola - que sonhava em ser uma faculdade de Artes liberais em um campus universitário de grande porte - de repente desenvolveu consciência e manifestou-a com balões de pensamento próprio.

No início, pouco mais fez do que reagir com tristeza quando Sally, encantada com o advento das férias de verão, desafiadoramente proclamou que não teria que colocar o pé no local por três meses.

Ela entrou na série seguinte, e começou a tratá-lo com mais respeito e a visitá-lo,por isso ganhou proteção: se estava particularmente irritada com os estudos ou professores, ele soltava um tijolo na cabeça de alguém.

O prédio desmoronou finalmente durante uma noite, e virou um monte de entulho, pois "tinha tudo o que podia tomar"; perturbada, Sally foi forçada a se juntar a seus amigos em outra escola, enquanto outro estava sendo construído. Embora Sally tenha feito amizade com este novo edifício,essa nunca atingiu o nível que ela mantinha com o antecessor.









TRUFAS: Apareceu pela primeira vez em 31 de março de 1975. Também fez duas participações em A Charlie Brown Celebration e The Charlie Brown e Snoopy Show.





















Essa menina estava morando em uma fazenda com o avô, que tinha lhe dado esse nome por acreditar que ela era "tão rara quanto uma trufa”.

Foi a primeira paixão de Linus,que estava caçando trufas junto com Snoopy quando a encontraram e foram convidados a saborear biscoitos em sua casa; encantado,o menino teve várias discussões com o amigo.

Depois que voltou para casa, Linus esqueceu o caminho para a fazenda, e assim só reencontrou Trufas em 1977,quando,junto com Sally,estava em uma excursão escolar.

Pela primeira vez,para marcar a posse,Sally afirmou que Linus era seu "Sweet Babbo".

Trufas, talvez vendo que sofrer seria inevitável, silenciosamente recuou.







FLOYD: Apareceu em 26 de julho de 1976. Depois,sumiu de uma vez por todas.



















No acampamento de verão, ele se apaixonou por Marcie, e passou a chamá-la de “Lambcake”; em troca,ela o agrediu de várias maneiras,mas Floyd persistiu.

Ela acabou voltando para casa, e ele – de quem Marcie nunca soube o nome - nunca mais apareceu.








AUSTIN,LELAND,MILO E RUBY: Apareceram em 11 de março de 1977.














Charlie Brown fugiu de casa para evitar que a United States Environmental Protection Agency o punisse depois que ele se vingou da Árvore Comedora de Pipas.

Ele foi treinar um time de baseball de crianças pequenas: Milo e Leland, com dois anos de idade, e Austin e Ruby com três.

Eles sempre chamavam Charlie Brown de"Charles" e respeitava-no como um sábio ancião.

A equipe recebeu o nome de "Ovos de Ganso ".

O time recebeu outro para um jogo, e era justamente a turma de Charlie Brown,que fez uma revelação: as provas contra ele foram destruídas durante uma tempestade.







MOLLY VOLLEY: Apareceu pela primeira vez em 6 de maio de 1977.





















Ela frequentemente usava um vestido de tênis em dois tons e uma viseira, tinha um temperamento muito ruim – discutia com todos e vivia de sombrancelhas franzidas - e a mania de bater nos outros (incluindo parceiros de dupla,dois juízes de linha e um boleiro), além da sensibilidade sobre seu peso.

Não admitia perder, mas se deu bem com Charlie Brown, a quem ela explicou como realmente é o tênis. De cara,não gostou do Snoopy e muito menos de jogar tendo-o como parceiro.













Ela não poupava Snoopy de uma grande bronca.






















Normalmente Charlie Brown e Linus assistiam-na jogar,inclusive junto com Snoopy,mas Molly se cansou dele, até porque não gostava de animais de estimação: recusou a parceria e em seguida desapareceu da tirinha.










CRYBABY BOOBIE: Apareceu em 5 de setembro de 1978.





















Usava um vestido de bolinhas de tênis, e é sempre mostrada com a boca aberta, porque chorava e reclamava de absolutamente tudo o tempo todo.

Raramente é mostrada com uma cara,e aparece como uma grande boca aberta com cabelo saindo de cada lado, com a cabeça inclinada para trás, de modo a queixar-se muito alto. É praticamente uma boca aberta em forma humana.










"Crybaby" é obviamente um apelido,e seu primeiro nome nunca foi revelado.

Era a maior rival de Molly Volley, a quem muitas vezes levava à loucura com suas reclamações constantes.








JOE RICHKID (E SEU CADDY): Apareceu em 22 de junho de 1981.


















Riquinho babaca, evitava contatos físicos para não sujar a gola branca da camisa.









BOBBY/BADCALL BENNY: Apareceu em 16 de abril de 1982.





















Irmão de Crybaby Boobie, mais tranqüilo do que ela, suave e silencioso.

Apesar disso, uma vez chamou Molly Volley de “Fat Legs” (Pernas Gordas,literalmente) e levou um soco na boca. Outros afirmam que foi um beijo.












De qualquer forma, ele e a irmã venceram o jogo porque Snoopy, no intervalo, comeu biscoitos de chocolate demais e ficou enjoado, sem condições de voltar à quadra, o que revoltou sua parceira,Molly Volley.












HAROLD ANGEL: Apareceu em 24 de dezembro de 1983.





















Numa peça na escola, Sally se confunde com o texto, e erra a hora de introduzir o menino que iria cantar.

Na primavera seguinte ela o convida a fazer um filme, mas frisa que é por causa de seu “Sweet Baboo”, e assim Harold confirma que não tem a menor chance.








LYDIA: Apareceu em 9 de junho de 1986. Desapareceu em 23 de março de 1999.






















Sentava-se atrás de Linus na escola, e além de mudar o nome o tempo todo - Rachel, Rebecca, Jezebel, Susan, Sarah, Melissa, Samantha, Anna, Claudia, Ophelia, Polly e até mesmo Floco de Neve - perguntava a ele muitas vezes: "Você não é muito velho para mim?", embora a diferença de idade se limitasse a dois meses.























Ele até pensou nela como possível namorada, mas logo tratou-a da mesma maneira que Sally,já que só descobriu seu verdadeiro nome ao receber de volta o cartão de Natal que enviara para o falso endereço que a menina tinha lhe dado; depois que ele desencanou,ela começou a demonstrar interesse,contudo,já era tarde demais.









MAYNARD: Apareceu em 21 de julho de 1986.




















Primo de Marcie, foi contratado pelo pai de Patty Pimentinha como seu tutor para ajudá-la na escola. Ele se irritava quando ela o chamava de “Capitão Tutor”.

















Quando Marcie revelou a Patty Pimentinha que Maynard estava sendo pago por seus serviços ao invés de expressar a bondade de seu coração, ela literalmente jogou-o fora da casa.

Ele ainda se justificou,citando uma passagem bíblica: "O trabalhador é digno do seu salário" (Lucas, 10:7).E nunca mais apareceu na tirinha.







TAPIOCA PUDDING/ PUDIM DE TAPIOCA: Apareceu em 4 de setembro de 1986. A última aparição foi em 1° de dezembro de 1986.




















Colega de Linus - batizada com um nome baseado numa sobremesa e a associação com a mercadoria, pode ser considerada uma paródia da Moranguinho - teve uma pequena queda por ele (o que irritou e enciumou Sally) e também estava interessada no licenciamento de marcas.
















Ela explicou que com o seu nome, cabelos loiros e sorriso, seu pai (que está em licenciamento) estava convencido de que poderia "fazer um milhão", colocando a foto dela em "todos os produtos no país", incluindo cartões, TV, camisetas, marmitas e caixas de cereais.







LARRY: Apareceu em 28 de maio de 1991.



















Foi um dos três alunos de Sally nas aulas sobre a Bíblia, e tendia a misturar suas referências bíblicas com as de O Grande Gatsby. ("Gatsby tinha uma mansão em Jericó."); foi expulso da classe, e só então ela soube que ele era filho do ministro daquela igreja.

Mais tarde, ele a procurou - supostamente para pedir desculpas por seu comportamento - mas acabou confessando a paixão e deu-lhe sua chupeta de presente,porém Sally não quis saber disso,e ele nunca mais tocou no assunto.









CORMAC: Apareceu em 17 de julho de 1992.





















Fez amizade com Charlie Brown quando nadaram no acampamento de verão. Considerou Marcie muito bonita, e falou que ela deveria ser modelo.

Virou colega de classe de Sally, sentava atrás dela e escreveu-lhe uma carta de amor,que Snoopy engoliu antes que houvesse algum problema.











ROYANNE HOBBS: Apareceu pela primeira vez em 1° de abril de 1993.




















Ela dizia ser bisneta do jogador de beisebol Roy Hobbs, e mais tarde confessou ter deixado Charlie Brown atingiu os home runs porque gostava dele.













Charlie Brown retaliou,informando-lhe saber que "Roy Hobbs" era um personagem fictício.

Pouco depois, Royanne aparece em um arco de história, tentando vender "o bastão usado por Roy Hobbs", e Lucy comprou,mas reclamou ao descobrir a verdade.

Royanne então admitiu que queria participar da equipe de Charlie Brown,mas se recusou a jogar com Lucy.







ETHAN: Apareceu em 14 de julho de 1993.






















Aderiu ao grupo de Charlie Brown num acampamento de verão; gostava de trabalhos manuais, especialmente de fabricar setas.

Extremamente crítico, queria ser colunista de jornal,para emitir suas fortes opiniões sobre todos os assuntos.






JOE ÁGATA: Apareceu em 7 de abril de 1995.


















Geralmente usava uma camisa laranja e um chapéu verde.

Num acampamento, sob o pretexto de ensinar Rerun a jogar bola de gude,roubou-as; Snoopy ensinou as regras e estratégias para Charlie Brown,numa nova partida, recuperá-las.






NAOMI: Apareceu em 1° de outubro de 1998.






















Na esperança de ser adotado por uma menina rica, Spike fica numa esquina da cidade, em frente a uma clínica de animais.

Naomi,filha de um veterinário, notou que aquele cãozinho não parecia estar muito bem; internou-o, e quando ele recuperou a saúde levou-o para casa.







JOE CACTUS: Apareceu em 8 de dezembro de 1998.



















Spike conversa com esse cactus e o ensina a pegar coisas (os espinhos são bons para isso),mas o resto não consegue jogar nada de volta; ele percebe que os braços voltados para o céu servem para pendurar enfeites de Natal; assim,todos os cartões dessa época são enviados com as assinaturas de Spike e Cactus Joe.