27 dezembro 2006

Ingratidão

No correio, os carteiros estão separando as cartas para a entrega.

Uma das cartas estava endereçada a Papai Noel, e um carteiro perguntou aos colegas:

- Vamos abrir esta para ver o que a criança está pedindo?

A carta era de um menino, e dizia:

- Querido Papai Noel, meu pai está desempregado, sem dinheiro, e tem que sustentar a minha mãe, minhas duas irmãs, meus seis irmãos, e eu. As contas estão vencendo. Por favor, se for possível, mande R$ 1 mil para ajudar meu pai a pagar as contas do mês.

Sentindo muita pena, os carteiros fizeram uma vaquinha e arrecadaram R$ 800,00 que foram enviados ao garoto.

Na semana seguinte, o menino escreve outra carta para Papai Noel, que foi novamente aberta pelos carteiros.

Nela, estava escrito:

- Muito obrigado, Papai Noel. Serei eternamente grato por sua ajuda, mas da próxima vez mande um cheque, porque esses carteiros filhos das putas roubaram R$ 200,00.

Gente Estressada

NUMA AGROPECUÁRIA.

- Tem veneno pra rato?

- Tem! Vai levar?

- Não, vou trazer os ratos pra comer aqui!


NO CAIXA DO BANCO,PARA DESCONTAR O CHEQUE.

- Vai levar em dinheiro?

- Não! Me dá tudo em clipes e borrachinhas!


CASAL ABRAÇADINHO, ENTRANDO NO BARZINHO ROMÂNTICO.

- Mesa pra dois?

- Não, mesa pra quatro. Duas são pra colocar os pés.


APANHANDO O TALÃO DE CHEQUES E UMA CANETA.

-Vai pagar com cheque?

- Não, vou fazer um poema pra você nessa folhinha.


NO SUBSOLO-GARAGEM,ESPERANDO O ELEVADOR.

-Sobe?

- Não, esse elevador anda de lado.


- Vai subir?

- Não, não, tô esperando meu apartamento descer pra me pegar.



FUMANDO UM CIGARRO.

- Ora,ora! Mas você fuma?

- Não, eu gosto de bronzear meus pulmões também.


VOLTANDO DO PIER COM O BALDE CHEIO DE PEIXES.

- Você pescou todos?

-Não, alguns peixes são suicidas e se atiraram no meu balde.


COM VARA DE PESCAR NA MÃO, LINHA NA ÁGUA, SENTADO.

- Aqui dá peixe?

- Não..dá tatu, quati, camundongo....Peixe costuma dar lá no mato.


EDIFÍCIO PEGANDO FOGO,E FUNCIONÁRIO CORRENDO PARA A SAÍDA.

- É incêndio?

- Não,é uma pegadinha do Faustão!


NO CAIXA DO CINEMA.

- Quer uma entrada?

- Não, não, é que eu vi essa fila imensa e queria saber onde iria dar!


DEITADO NA CAMA,DE OLHOS FECHADOS,COM A LUZ APAGADA.


- Você tá dormindo?

- Não, tô treinando pra morrer!


NA LOJA DE CONSERTO DE APARELHOS ELETRÔNICOS.

- Tá com defeito?

- Não,é que ele estava cansado de ficar em casa e eu o trouxe para passear.


PREPARANDO-SE PRA ENCARAR UM TEMPORAL.

- Vai sair nessa chuva?

- Não, vou sair na próxima.



ACABANDO DE SE LEVANTAR DA CAMA.

- Acordou?

- Não. Sou sonâmbulo!


ATENDENDO O TELEFONE EM CASA.

- Onde você está?

- No Pólo Norte. Um furacão trouxe a minha casa pra cá!



SAINDO DO BANHO.


- Você tomou banho?

- Não,mergulhei no vaso sanitário!



ENTREGANDO À NAMORADA UM IMENSO BUQUÊ DE ROSAS.


- Flores?

- Não! São cenouras.


COM O CARRO PARADO EM UMA BOMBA QUE É SÓ DE GASOLINA.


- Gasolina?

- Não, enche com tinta de caneta!



PEGANDO UM ÔNIBUS PARA A PRAIA.

- Moço, esse ônibus vai pra praia?

- Se você achar um calção que caiba nele...


NO BANHEIRO,DE PORTA TRANCADA.

- Tem gente?

- Não! É a merda que está falando.

Joãozinho













































































































































































PIADAS






1) A professora pergunta a seus alunos:

- Se existem cinco passarinhos em um galho e você atira em um, quantos sobram?

- Nenhum! -Responde Joãozinho - todos saem voando com barulho do tiro.

A professora fica surpresa com a resposta:

- Não era essa a resposta que eu esperava, mas gosto do seu jeito de
pensar.

- Eu posso fazer uma pergunta pra senhora? Pediu Joãozinho.

- Pode, Joãozinho.

- Existem 3 mulheres sentadas em um banco comendo picolés. Uma está

lambendo , outra está chupando e a terceira está mordendo. Qual delas
é a casada?

A professora fica vermelha, mas responde, timidamente:

- A que está chupando.

- Não, a casada é a que tem a aliança no dedo, mas eu também gosto

do seu jeito de pensar...


2)Como lição de casa a professora pede para os alunos fazerem uma rima.

No dia seguinte...

- Diga a sua a sua rima, Joãozinho:

- Lá vem o canguru com uma flor no cu.

A professora, indignada, pede pra ele refazer. No final da aula...

- Diga novamente sua rima, Joãoozinho.

- Lá vem o canguru com uma flor na bochecha, porque no cú a

professora não deixa.

A professora pergunta ao Joãozinho:

- Quantos ovos uma galinha pôe por dia?

- Não sei, fessora.

E com ironia ela diz:

- Te peguei.

Ele também faz uma pergunta:

- Fessora, quantas tetas tem uma porca?

- Não sei.

- Viu, tu me pega pelos ovos que eu te pego pelas tetas!!!


3) O professor começa a sua aula:

- Hoje vamos falar de órgãos do corpo humano que são números pares.

Por exemplo, nós temos dois olhos, dois é par. Mariazinha, dê outro

exemplo de órgão par.

- As orelhas - responde Mariazinha.

- Muito bem! Outro exemplo, Juquinha.

- Os ovos.

O professor fica meio acabrunhado, mas aceita a resposta.

- Tudo bem, Juquinha. Joãozinho, outro exemplo.

- O pinto, professor.

- Peraí, Joãozinho, nós só temos um pinto!

- O meu pai tem dois: um pequeninho que ele usa pra fazer xixi e um

grandão que a vizinha usa pra escovar os dentes.



4)Quatro lombrigas são colocadas em quatro tubos de ensaio separados:

a primeira lombriga em álcool,

a segunda lombriga em fumo de cigarro,

a terceira em esperma e

a quarta em terra natural.

No dia seguinte o professor mostra aos alunos o resultado:

A primeira lombriga, em álcool, está morta; A segunda, no fumo do cigarro, está morta; A terceira, em esperma, está morta; A quarta, em terra natural, está
viva.

O professor comenta que é bastante nítido o que é prejudicial e pergunta à classe:

-O que podemos aprender desta experiência?

Responde imediatamente o Joãozinho:

-Temos de beber, fumar e foder para não termos lombrigas.




5) Joãozinho chega na sala de aula com um olho roxo, e a professora logo pergunta:

- Joãozinho, o que aconteceu com você? Você está com um olho todo roxo!

- É, professora. Eu estava no busão vindo pra aula, e do meu lado tinha uma gorda. Quando ela levantou, eu vi que a saia dela tava enfiada na bunda. Então eu fui lá e tirei. Aí ela me deu um baita soco na cara.

- Joãozinho, que coisa feia! Nunca mais faça isso, certo?

No dia seguinte, Joãozinho aparece com o outro olho roxo, e a professora logo pergunta:

- Joãozinho, o que aconteceu desta vez?

- Professora, sabe aquela gorda que eu falei?

- Sei.

- Então. Ela sentou do meu lado de novo. Quando ela levantou, a saia tava lá outra vez. Aí um menino foi lá e tirou. Como eu sabia que ela não gostava, enfiei de novo!


6)Joãozinho estava aprontando a maior bagunça no fundão. A professora perde a paciência e diz pra ele:

- Já que você está conversando tanto assim na aula de matemática, deve saber tudo, eu pressuponho. Quantos anos você tinha no seu último aniversário?

- Sete, professora! - responde ele imediatamente.

- Muito bem. Então vou lhe fazer uma pergunta bem simples: quantos anos você terá no seu próximo aniversário?

Joãozinho nem pisca e responde:

- Nove, professora!

- Estão vendo? - Diz ela, dirigindo-se à turma - É isso que acontece com menino que não presta atenção à aula! Só um ignorante poderia pensar que, depois de fazer sete anos no último aniversário, fará nove no próximo!

A classe caiu na gargalhada, mas Joãozinho calou todo mundo, e matou a professora de vergonha ao dizer:

- Acontece, professora, que hoje estou fazendo oito anos!



7)Joãozinho completa 11 anos, e seu pai lhe pergunta:

- Meu filho, você sabe como nascem os bebês?

O menino assustado, responde:

- Não quero saber! Prometa que não vai me contar, pai.

O pai, confuso, não se conforma e pergunta:

- Mas por que você não quer saber, Joãozinho?

E o menino soluçando, responde:

- Aos 6 anos me contaram que não existe Coelho da Páscoa; aos 8 descobri que não existem fadas-madrinhas, nem sereias, nem o Saci Pererê; e aos 10 percebi que o Papai Noel é você. Se agora eu descobrir que os adultos não trepam, não vejo razão para continuar vivendo!



8) Joãozinho entra no quarto e pega o pai colocando uma camisinha.

Muito embaraçado, ele tenta esconder a sua ereção e a camisinha, abaixando-se para olhar embaixo da cama.

Joãozinho diz:

- O que você está fazendo, papai?

O pai responde, tentando disfarçar:

- Eu acho que eu vi um rato embaixo da cama.

Joãozinho retruca:

- E o que você vai fazer? Comer o cu dele?



9)A professora divide a classe em dois grupos para decidir os mais inteligentes.

Aproveitando-se disso, Joãozinho grita para o outro grupo:

-Nós vamos arrasar com vocês, cambada de idiotas!!!!!!

Começa a disputa...

-Quem descobriu a América?

O grupo de Joãozinho responde:

-Cristóvão Colombo!

E o Joãozinho grita:

-Eu não falei? Bando de orelhudos, 1 a 0 !!!

A professora o repreende:

- Que idioma se fala na Espanha?

O grupo de Joãozinho responde:

- Espanhol, fessora!!!!

E o Joãozinho:

- Viram só? Seus filhos duma égua! , 2 a 0 !!

A professora o repreende:

- Cala a boca, Joãozinho!!!

- Como Cristóvão Colombo chegou à América?


O grupo de Joãozinho responde:

- Nas caravelas.

Joãozinho, emocionadíssimo, grita:

- Eu bem que avisei, seus sacos de merda, 3 a 0!!!

A professora, de saco cheio, berra:

-Joãozinho!!! Levanta e sai, porra!!!

Joãozinho responde de imediato, em voz alta:

- O caralho, fessora! Show! 4 a 0 seus babacas !!!

A professora indignada volta a gritar:

- Joãozinho, sai e não volta mais !!!!!

Joãozinho, contente, brada:

- O cocô, professora. Hahaha, se fuderam, 5 a 0 !!!

A professora, não agüentando mais, grita:

- Joãozinho, SAI E NÃO VOLTA DENTRO DE UM MÊS !!!

Joãozinho, feliz da vida, responde aos berros, já histérico:

- MENSTRUAÇÃO!!! PUTA QUE PARIU, 6 a 0!!!! GANHAMOOOOOOOSSS !!!!!!!!



10) Na escola, a professora falava dos animais:

- Para que serve a ovelha, Marcinha?

- Pra nos dar a lã, fessora...

- E para que serve a galinha, Marquinho?

- Pra nos dar os ovos...

- E para que serve a vaca, Joãozinho?

- Pra nos passar o dever de casa.


11) Ao entrar na sala de aula, a professora vê um pênis desenhado no quadro.

Sem perder a compostura, imediatamente ela apaga o desenho e começa a aula.

No dia seguinte, o mesmo desenho, só que ainda maior.

Ela torna a apagá-lo e não faz nenhum comentário.

No outro dia, o desenho já está ocupando quase o quadro todo, e embaixo, a mensagem:

Quanto mais você esfrega, mais ele cresce!


12) - Joãozinho, qual o tempo verbal da frase: "Isso não podia ter acontecido"?

- Preservativo imperfeito, professora!


13) A professora escorrega e leva o maior tombo na sala de aula. Na queda,
o vestido sobe-lhe até a cabeça.

Levanta-se imediatamente, ajeita-se, e interroga os alunos:

- Luisinho, o que você viu?

- Seus joelhos, professora.

- Uma semana de suspensão! E você, Carlinhos?

- Suas coxas, professora.

- Um mês de suspensão!

- E você, Joãozinho?

Joãozinho pega os cadernos e vai saindo da sala:

- Bom, galera, até o ano que vem..


14) Irritado com os alunos, o professor lançou um desafio:

-Aquele que se julgar burro, faça o favor de ficar de pé.

Todo mundo continuou sentado.

Alguns minutos depois, Joãozinho se levanta.

- Quer dizer que você se julga burro?- perguntou o professor, indignado.

- Bem, para dizer a verdade, não! Mas fiquei com pena de ver o senhor
aí, em pé, sozinho!

15) Era o dia do exame final. O Joãozinho ia ser examinado pela professora em prova oral, e a professora, que era nova na escola, iria ser observada pelo diretor. Sentam-se a Professora e o Joãozinho, um de frente para o outro, e o Diretor ficou em pé, atrás do menino.

A professora pergunta:

- Joãozinho, o que D. Pedro I disse quando proclamou a Independência do Brasil? (nisso, a professora derruba o lápis, e abaixa-se para pegar).

Quando a professora se levanta, pergunta:

- E, então, Joãozinho o que ele disse?

- Peitinhos maravilhosos!

- Não é nada disso! Zero! - diz a Professora, nervosa.

O Joãozinho vira-se pro Diretor:

- Pô, seu filho da puta! Se não sabe, não sopra!


16) O pai do Joãozinho ficou indignado quando este lhe mostrou o boletim.

- Na minha época, as notas baixas eram punidas com uma boa surra.

- Legal pai! Que tal pegarmos o professor na saída amanhã?


17) Na escola, a professora explica:

-Se eu digo "fui bonita" é passado. Se digo "sou bonita", o que é, Joãozinho?

- É mentira.


18) Na aula de Noções de Medicina, a professora pediu para os alunos trazerem instrumentos utilizados em um hospital.
- Cíntia, o que você trouxe?

- Um bisturi.

- Quem deu pra você?

- Minha mãe.

- E o que ela falou?


- Falou que serve pra cortar a pele!

- Ah, parabéns!

- Vinícius, o que você trouxe?

- Uma seringa!

- E quem deu pra você?

- Meu pai!

- O que ele falou?

- Falou que serve para aplicar injeção!

- Meus parabéns!

- Kiko, o que você trouxe?

- Um termômetro!

- Quem foi que deu?

- Meu tio.

- E o que ele falou?

- Falou que serve pra medir a temperatura.

- Ótimo.

- E você, Joãozinho, o que é essa bola embaixo do seu braço?

- Isso e um balão de oxigênio!

- E quem deu pra você?

- Eu peguei da minha vó!

- O que ela falou?

- D-E-V-O-L-V-E, D-E-V-O-L-V-E-E-E-E-E, D-E-V-O-L...


19) Durante o jantar, Joãozinho conversa com a mãe:

- Mamãe, porque é que o papai é careca?

- Ora, filhinho... Porque ele tem muitas coisas para pensar e é muito
inteligente!

- Mas mamãe... então, porque é que você tem tanto cabelo?

- Cala a boca e toma logo esta sopa, menino!


20) Perto do Natal, Joãozinho resolveu escrever uma carta pro Papai Noel,
pedindo uma bicicleta:

“Papai Noel, fui um ótimo garoto este ano. Ajudei meu pai, minha mãe, e até meu irmãozinho. Quero uma bicicleta.”

Então parou e pensou:

- Ele não vai acreditar. Vou refazer a carta.

"Papai Noel, sei que não fui muito bom este ano, mas ainda acho que mereço uma bicicleta".

Não satisfeito, ele joga a carta fora, vai até o presépio, pega a imagem de Nossa Senhora, coloca dentro do sapato, e escreve a seguinte carta:

"Jesus, estou com Sua Mãe. Se quiser vê-la inteira de novo, mande o Papai Noel me dar uma bicicleta".


21)Durante a aula, a professora lança um desafio aos alunos:

- Zezinho, se você estivesse namorando uma moça fina e educada e, durante um jantar com ela, você precisasse ir ao banheiro, o que você diria?

- Ahhh, professora... Eu diria pra ela: Segura aí que eu vou dar uma mijadinha!

- Que feio, Zezinho! Uma completa falta de educação com uma dama... E você, Juquinha?

- Eu falaria assim: Me desculpe, mas preciso ir ao banheiro... Espera aí que eu já volto!

- Melhorou, mas ainda tá ruim... Joãozinho, o que você diria?

- Bom, simplesmente eu diria: Minha prezada senhorita, peço licença para ausentar-me por um momento, pois vou estender a mão a um grande amigo que pretendo lhe apresentar depois do jantar!



22)A professora estava tendo dificuldades com um dos alunos.(adivinha quem)

- Joãozinho, qual é o seu problema?

- Sou muito inteligente para estar no 1°ano. Minha irmã está no 3°ano, e eu sou mais inteligente do que ela. Eu quero ir para o 3°ano também!

A professora, vendo que não ia conseguir resolver o problema, mandou Joãozinho para a Diretoria.

Enquanto o Joãozinho esperava na antesala, a professora explicou a situação ao diretor. Ele disse que faria um teste com o garoto,e concluiiu:

- Como é certo que ele não vai conseguir responder a todas as perguntas, vai mesmo ficar no 1ºano.

A professora concordou. Chamou o Joãozinho e explicou-lhe que ele teria que passar por um teste, e ele aceitou.

O Diretor perguntou para o Joãozinho:

- Joãozinho, quanto é 3 vezes 3?

- Nove.

- E quanto é 6 vezes 6?

- 36.

- O diretor continuou com a bateria de perguntas que um aluno do 3ºano deve saber responder. Joãozinho não cometeu erro algum.

O diretor então, disse para a professora:

- Acho que temos mesmo que colocar o Joãozinho no 3º ano.

A professora decidiu participar do teste.

- Posso fazer algumas perguntas também?

O diretor e o Joãozinho concordaram. A professora perguntou:

- O que é que a vaca tem quatro e eu só tenho duas?

Joãozinho pensou um instante e respondeu:

- Pernas.

- O que é que tem nas suas calças que não há nas minhas?

O diretor arregalou os olhos, mas não teve tempo de interromper.

-Bolsos.

Mais uma vez a professora o indagou com malícia:

- Que parte do corpo da mulher que cheira a peixe?

O Joãozinho, de bate-pronto,respondeu:

- O nariz.

- O que é que entra na frente na mulher e que só pode entrar atrás no homem?

Estupefato com os questionamentos, o diretor prendeu a respiração.

- A letra "M".

- Onde é que a mulher tem o cabelo mais enroladinho?

- Na África.

- O que é que entra seco e duro, e sai mole e pingando?

O diretor ficou mais apavorado.

- O macarrão na panela.

- O que é que começa com "b", tem "c" no meio, termina com “ta", e para ser usada é preciso abrir as pernas?

O diretor ficou paralisado.E o Joãozinho respondeu:

- A bicicleta.

- Qual o monossílabo tônico que começa com a letra "C", termina com a letra "U", e ora está sujo, ora está limpo?

O Diretor começou a suar frio.

- O céu.

- O que é que começa com "C", tem duas letras, um buraco no meio, e eu já dei para várias pessoas?

- CD.

Não mais se contendo, o diretor interrompeu, respirou aliviado, e disse para a professora:

- Puta que pariu! Põe esse moleque como diretor, pois eu mesmo errei todas.


23)Durante a aula, a professora lança um desafio aos alunos:

- Zezinho, se você estivesse namorando uma moça fina e educada e, durante um jantar com ela, você precisasse ir ao banheiro, o que você diria?

- Ahhh, professora... Eu diria pra ela: Segura aí que eu vou dar uma mijadinha!

- Que feio, Zezinho! Uma completa falta de educação com uma dama... E você, Juquinha?

- Eu falaria assim: Me desculpe, mas preciso ir ao banheiro... Espera aí que eu já volto!

- Melhorou, mas ainda tá ruim... Joãozinho, o que você diria?

- Bom, simplesmente eu diria: Minha prezada senhorita, peço licença para ausentar-me por um momento, pois vou estender a mão a um grande amigo que pretendo lhe apresentar depois do jantar!



24.Joãozinho, aos 70 anos, residindo em uma pequena e pacata cidade, abordou o padre na rua e segredou:

- Padre, eu nunca me confessei ,mas como estou ficando velho, acho que chegou a hora! Só que eu gostaria de me confessar com um anjo. Tem jeito?

- Mas meu filho, com um anjo? Isso é meio difícil! Olha, se minha presença o inibe, eu posso dar poderes ao sacristão para ouvir sua confissão!

- Não, seu padre, eu tenho dois pecados gravíssimos, os quais só posso confessar a um anjo, tenho certeza!

- Bem, então, no domingo, vá a igreja e assista a missa. Em seuida, eu providenciarei um anjo para ouvir suas confissões.

- Muito obrigado, seu padre, o senhor não pode nem imaginar a paz que está me devolvendo!

E assim se foram....

Joãozinho, aliviado por ter resolvido o seu problema, e o padre preocupado com o que acabara de arranjar.

Chegando a igreja, o padre chamou o sacristão, contou-lhe a história e começaram a traçar o plano para levar um anjo ao confessionário.

- Faremos o seguinte, disse o padre: vou vesti-lo de anjo, amarro uma corda em volta do seu corpo, vou descendo-o sobre o confessionário e você abana as asas. O que acha?

- Perfeito, disse o sacristão; O seu Joãozinho está velho, enxerga pouco, não vai notar nada!

Domingo, Joãozinho assistiu a missa inteira, aguardou que todos saíssem da igreja, e o sacristão fechou a porta.

Levantou-se do banco e se encaminhou para o confessionário.

Passaram-se alguns minutos e lá veio o sacristão abanando as asas sobre o confessionário.

Joãozinho se ajoelhou. E o 'anjo', com voz angelical, perguntou:

- Meu filho, por que você não quis se confessar nem com o padre e nem com o sacristão?

- Sabe o que é, seu anjo, é que eu estou comendo a mãe do padre e a mulher do sacristão! Entendeu agora porque eu não queria me confessar com eles?

- Entendi meu filho.Eu lhe dou como penitência 200 Ave Marias pela mãe do padre, e 2.000 Pai Nossos pela mulher do sacristão.Está bem assim, meu filho?

- Justíssimo, seu anjo. Por isso que eu queria me confessar com quem entende. 2.000 Pai Nossos pela mulher do sacristão, contra 200 Ave Marias pela mãe do padre é mais que justo, pois a mulher do sacristão é 10 vezes mais gostosa que ela . Muito obrigado, seu anjo, já vou agora mesmo lá pro altar e pagar a penitência!

O 'anjo' aguardou um instante, fez um sinal para o padre que o puxou de volta,e, curioso, indagou:

- E aí, meu filho, como foi a experiência?

- Horrível seu padre... horrível ! Desci como anjo, pelas mãos de um padre, e subi como corno, pelas mãos de um filho da puta!



25) Na sala de aula a professora pergunta à classe:

- Quantos anos vive uma perereca?

- Em média 12 a 13 anos...responde Joãozinho.

A professora, aliviada e surpresa com a resposta, pergunta como ele chegou a essa conclusão.

- É fácil, professora: porque depois disso nasce cabelo e ela vira Buceta.

29 novembro 2006

As Freiras E O Tarado

















Duas freiras saíram do convento para vender biscoitos. Uma era conhecida como Irmã Matemática (M) e a outra, como Irmã Lógica (L):

M - Está ficando escuro e nós ainda estamos longe do convento!

L - Você reparou que um homem está nos seguindo há uma meia hora?

M - Sim, o que será que ele quer?

L - É lógico!Ele quer nos estuprar.

M – Oh, não! Se continuarmos neste ritmo, ele vai nos alcançar em no máximo 15 minutos. O que vamos fazer?

L - A única coisa lógica a fazer é andarmos mais rápido!

M - Não está funcionando.

L - Claro que não! Ele fez a única coisa lógica a fazer, ele também começou a andar mais rápido.

M - E agora, o que devemos fazer? Ele nos alcançará em 1 minuto!

L - A única coisa lógica que nos resta fazer, é nos separar! Você vai para aquele lado, que eu vou para este. Ele não poderá seguir nós duas.

Então o homem decidiu seguir a Irmã Lógica.

A Irmã Matemática chegou ao convento preocupada com o que poderia ter acontecido à Irmã Lógica.

Passou um bom tempo, e eis que a Irmã Lógica chega.

M - Irmã Lógica!! Graças a Deus você chegou! Me conte o que aconteceu!

L - Aconteceu o lógico. O homem não podia seguir nós duas, então ele optou
por me seguir.

M - Então, o que aconteceu?

L - O lógico, eu comecei a correr o mais rápido que podia, e ele correu o mais rápido que ele podia também...

M - E?

L - Novamente aconteceu o lógico: ele me alcançou.

M – Oh, meu Deus! O que você fez?

L - Eu fiz o lógico: levantei meu hábito.

M - Oh, Irmã! E o que o homem fez?

L - Ele também fez o lógico e abaixou as calças.

M - Oh, não! O que aconteceu depois?

L - Não é óbvio, Irmã? Uma freira com o hábito levantado consegue correr muito mais rápido do que um homem com as calças arriadas!


SE VOCÊ PENSOU EM OUTRO FIM PARA A ESTÓRIA, REZE 20 AVE-MARIAS E 10 PAI-NOSSOS, SEU PERVERTIDO (A)!

Coca-Cola e Menthos

Dupla extremamente criativa...hehehe.

26 novembro 2006

TV Pirata







I Will Survive - Glória Gaynor (Hino Gay)































At first I was afraid

I was petrified

Kept thinkin' I could never live without you by my side

But then I spent so many nights

Thinkin' how you did me wrong

And I grew strong

And I learned how to get along

And so you're back from outer space


I just walked in to find you here with that
sad look upon your face

I should have changed that stupid lock

I should have made you leave your key

If I'd've known for just one second you'd
back to bother me


Go on now, go walk out the door

Just turn around now

('cause) you're not welcome anymore

Weren't you the one who tried to hurt me with goodbye



Did I crumble

Did you think I'd lay down and die?

Oh no, not. I. I will survive
.
Oh as long as I know how to love I know I'll stay alive;
I've got all my life to live,

I've got all my love to give and I'll survive,

I will survive. Hey hey.

It took all the strength I had not to fall apart


Kept trying' hard to mend the pieces
of my broken heart,
And I spent oh so many nights

Just feeling sorry for myself. I used to cry
But now I hold my head up high


And you see me somebody new

I'm not that chained up little person still in love with you,
And so you feel like droppin' in

And just expect me to be free,

Now I'm savin' all my lovin' for someone
Who's lovin' me

Ai Wilson Vai (Ótima Paródia de I Will Survive)
























Eu não nasci gay
A culpa é do meu pai
Que contratou um tal de Wilson
Pra ser o capataz

Eu vi o bofe tomar banho
E o tamanho da sua mala
Era demais
Além de linda
Era demais

Eu virei gay
E assumi
A arte da pederastia
E pude um dia então sorrir

Pedi o Wilson em casamento
E o jumento aceitou
A lua-de-mel foi no Egito
Eu fui pra cama
E dei um grito

E disse
Hey, vai devagar amor
Não vai com força
Ainda sou moça
E não quero sentir dor
Me trate como uma menina
Vaselina, por favor

Parecia Rambo
Com sua bazuca
Na minha nuca

Eu disse
Vai, ah, Wilson, vai

Esfrega a mala
Na minha cara
Vai pra frente
Vai pra trás

Pra malona eu dei um grito
Entalei
Quase eu vomito

Ah, Wilson, vai
Ah, Wilson, vai
Hey, hey

Comercial duplo (Costinha)

20 novembro 2006

Rapidinhas

Um eletricista vai até a UTI de um hospital, olha para os pacientes

ligados a diversos tipos de aparelhos e diz:

- Respirem fundo. Vou mudar o fusível.
...................................................

O professor de matemática pergunta ao aluno:

- Se você tivesse sete dólares num bolso e sete dólares no outro, o que
teria?

- As calças de outra pessoa, professor!
...................................................



O condenado esperava a hora da execução, quando chegou o padre:

- Meu filho, vim trazer a palavra de Deus para você.
- Perda de tempo, seu padre. Daqui a pouco vou falar com Ele
pessoalmente. Algum recado?
...................................................

No consultório, o paciente recebe a notícia de que tem apenas mais três
minutos de vida e diz, desesperado:

- Doutor, o que o senhor pode fazer por mim?

E o médico responde:

- Um Miojo

11 novembro 2006

Os Dez Mandamentos do Vagau

1 - Viva para descansar.

2 - Ama a tua cama, ela é o teu templo.

3 - Se vir alguém descansando, ajuda-o.

4 - Descansa de dia para poder dormir à noite.

5 - O trabalho é sagrado, não toque nele.

6 – Nunca deixe para fazer amanhã o que podes fazer depois de amanhã.

7 - Trabalhe o menos possível; o que tiver para ser feito, deixe que outra pessoa faça.

8 – Calma! Nunca ninguém morreu por descansar, mas tu podes se machucar trabalhando.

9 - Quando sentir desejo de trabalhar, senta e espera que ele passe.

10 - Não esqueça: trabalho é saúde. Deixa o teu para os doentes.

14 outubro 2006

Prêmio Ig Nobel



O Prêmio Ig Nobel (um trocadilho com “Ignóbil”)  homenageia Ignatius Nobel,
















um suposto parente distante do químico sueco Alfred Nobel.

Esse prêmio foi criado em 1991 pelos editores da revista de humor norte-americana Annals Of Improbable Research (Anais da Pesquisa Improvável), Marc Abrahams e Stanley Eigen, e é concedido anualmente na Universidade de Harvard aos autores de pesquisas que não deveriam ter sido feitas, e que não podem, ou não devem, ser repetidas. Segundo seus criadores, o Ig Nobel primeiro faz as pessoas rirem e, depois, pensarem.

A maior parte dos contemplados publicou suas pesquisas em revistas científicas de renome, porém existem candidatos indicados porque contribuíram de forma significativa para o aumento das bobagens que infestam o planeta.


























Chega a dar saudade de Jerry Lewis em "O Professor Aloprado",que assisti num cinema perto de casa,quando criança.

A cerimônia sempre conta com 1.200 pessoas que jogam aviõezinhos de papel no palco, varridos por ganhadores do Prêmio Nobel, os quais usam chapéus chineses para não serem atingidos. Esse trabalho só é interrompido para a entrega do troféu Ig Nobel em alguma categoria.

O mascote oficial chama-se "Fedegoso". Sinta o drama do distinto:




 


















Se você duvidar de qualquer coisa nesses textos - não tiro a sua razão,é lógico -  visite o site da Annals Of Improbable Research: http://www.improb.com


E divirta-se...

                                                                Lícia





1991


















BIOLOGIA: Robert Klark Graham, seletor de sementes e profeta da propagação. Por seu desenvolvimento pioneiro do "Repositório Para A Escolha Fecundativa", um banco de esperma que aceita apenas doações de ganhadores do Prêmio Nobel e de vencedores de Olimpíadas.


ECONOMIA: Michael Milken, criador do Título-Lixo.


EDUCAÇÃO: J. Danforth Quayle (Dan Quayle, vice-presidente dos EUA) por demonstrar, melhor que qualquer discurso,a necessidade de melhorar a educação no país.


LITERATURA: Erich von Däniken, visionário autor de "Carruagens dos Deuses", por explicar como a Humanidade foi influenciada por antigos astronautas.


MEDICINA: Alan Kligerman, planejador do alívio digestivo, conquistador do vapor e inventor do Beano, por seu trabalho pioneiro com líquidos anti-gasosos que previnem o inchaço, a flatulência, o desconforto e o embaraço.


QUÍMICA: Jacques Benveniste, da França, pelas pesquisas sobre a "Memória da Água", que segundo ele, é um líquido inteligente, capaz de "lembrar-se" de coisas muito tempo após elas terem sido esquecidas.


PAZ: Edward Teller, pai da bomba de hidrogênio e primeiro campeão do Projeto Guerra nas Estrelas, por seus esforços incansáveis para mudar o significado da paz como a conhecemos.







1992



ARQUEOLOGIA: Grupo Éclaireurs de France (Os Iluminadores da França) cuja missão é remover pichações. Por haverem removido antigas pictografias pré-históricas da caverna de Meyrières, perto de Bruniquel.


ARTE: Concedido conjuntamente a Jim Knowlton, autor do cartaz "Os Pênis do Reino Animal", e para o Fundo para o Financiamento das Artes dos Estados Unidos, por encorajá-lo a fazer um livro de dobraduras do tipo "pop-up".


BIOLOGIA: Dr. Cecil Jacobson, generoso doador de esperma, e prolífico patriarca da fertilização assistida, pelo seu "Método de Controle de Qualidade do Sêmen Na Inseminação Artificial" - Ele só inseminava suas pacientes com o próprio sêmen, "com uma mão só".



ECONOMIA: Os investidores do Banco Lloyd's, de Londres, herdeiros de 300 anos de gerenciamento prudente, por sua corajosa tentativa de segurar o desastre ao recusarem-se a pagar pelas perdas de sua companhia.



FÍSICA: David Chorley e Doug Bower, por sua contribuição circular à teoria de campo baseada na destruição geométrica dos campos de trigo ingleses (Eles usaram complicadas fórmulas científicas até que se descobriu que havia uns desocupados que se dedicavam a fazer os tais círculos nas plantações, expondo ao ridículo as teorias que tentavam explicar o fenômeno).


LITERATURA: Yuri Struchkov, do Instituto de Compostos Organoelementais de Moscou. Pelas 948 monografias que publicou entre 1981 e 1990, uma média de uma a cada 3.9 dias (Na verdade, o Dr. Struchkov "emprestava" seu nome a cientistas caídos em desgraça para que publicassem suas pesquisas e ficava com a glória. O caso foi descoberto após o fim da União Soviética, e muitos dos trabalhos foram finalmente atribuídos aos seus verdadeiros autores).


MEDICINA: F. Kanda, E. Yagi, M. Fukuda, K. Nakajima, T. Ohta and O. Nakata do Centro de Pesquisas Shisedo, em Yokohama, Japão,pela pesquisa "Elucidação dos Compostos Químicos Responsáveis Pelo Mau Odor dos Pés", especialmente por sua impressionante conclusão de que as pessoas que acham que tem chulé realmente têm, e as que acham que não, não o têm.


NUTRIÇÃO: Os consumidores de spam, corajosos comedores de enlatados comestíveis. Por 54 anos de digestão de coisas indistintas.


PAZ: Daryl Gates, ex-Chefe de Polícia da Cidade de Los Angeles. Por seus criativos métodos para unir as pessoas (a brutalidade da polícia contra os negros, sob seu comando, levou à grande rebelião que paralisou a cidade nesse ano).


QUÍMICA: Ivette Bassa, construtora de colóides coloridos. Por seu papel na maior conquista da Química do século XX, a síntese da gelatina azul.







1993



BIOLOGIA: Paul Williams Jr, da Secretaria de Saúde do Estado do Oregon, e Kenneth W. Newell, da Faculdade de Medicina Tropical de Liverpool, pelo estudo "Excreção de Salmonella Por Porcos Fugitivos".


ECONOMIA: Ravi Batra, da Universidade Metodista do Sul, economista e autor de "A Grande Depressão de 1990" e "Sobrevivendo À Grande Depressão de 1990" que, somente com suas polpudas vendas, salvaram o mundo do colapso econômico.


ENGENHARIA DE CONSUMO: Ron Popeil, incessante inventor e perpétuo defensor da televisão noturna, por redefinir a revolução industrial com aparelhos do tipo Veg-O-Matic, o Pocket Fisherman, o Sr. Microfone e o Inside-The-Shell Egg Scrambler.


FÍSICA: Louis Kervran, da França, ardente admirador da Alquimia. Por sua conclusão de que o cálcio nas cascas de ovos de galinha é criado por um processo de fusão a frio.


LITERATURA: E. Topol, R. Califf, F. Van de Werf, P. W. Armstrong e outros 972 co-autores de uma monografia de pesquisa científica que tem cem vezes mais autores que páginas, publicado no New England Journal of Medicine, volume 329, número 10, Setembro de 1993, páginas 673 a 682. Os autores são da Austrália, Bélgica, Canadá, França, Alemanha, Irlanda, Israel, Luxemburgo, Países Baixos, Nova Zelândia, Polônia, Espanha, Suíça, Reino Unido e Estados Unidos.


MATEMÁTICA: Robert Faid, de Greenville, Carolina do Sul, visionário e confiável profeta estatístico. Por calcular as probabilidades exatas de que Mikhail Gorbachev fosse o Anticristo (segundo ele, 710.609.175.188.282.000 contra 1).


MEDICINA: James F. Nolan, Thomas J. Stillwell e John P. Sands, Jr., misericordiosos esculápios autores de uma utilíssima e aliviadora pesquisa: "Tratamento Agudo do Pênis Preso Pelo Zíper".


PAZ: A Pepsi-Cola,fornecedora de doces bebidas e de sonhos, por promover um concurso para criar um milionário e depois anunciar o número vencedor errado, incitando e unindo 800.000 agressivos e ansiosos participantes, pela primeira vez na História das Filipinas, unindo facções inimigas em torno do mesmo objetivo.


PSICOLOGIA: John Mack, da Harvard Medical School, e David Jacobs, da Universidade Temple, afirmam que as pessoas que acreditam ter sido abduzidas por alienígenas possivelmente o foram — e especialmente por sua conclusão de que "o objetivo da abdução é produzir filhos".


QUÍMICA: James Campbell e Gaines Campbell, de Lookout Mountain, Tennessee, EUA, dedicados amantes dos aromas, por inventarem o odioso método de aplicação de perfume a páginas de revista.


TECNOLOGIA VISIONÁRIA: Concedido conjuntamente a Jay Schiffman, de Farmington Hills, Michigan, inventor do AutoVision, um sistema de projeção de imagens que torna possível dirigir um carro e assistir televisão ao mesmo tempo, e à legislação do Estado de Michigan, por tornar legal o aparelho.







1994



BIOLOGIA: W. Brian Sweeney, Brian Krafte-Jacobs, Jeffrey W. Britton, e Wayne Hansen, por seu libertador estudo "O Recruta Constipado: Prevalência Entre as Tropas Aquarteladas nos Estados Unidos", especialmente por sua análise numérica da freqüência dos movimentos dos intestinos.


ECONOMIA: Juan Pablo Davila, corretor de mercadorias e futuros e ex-empregado da empresa estatal Codelco, do Chile, que programou seu computador para "comprar" quando queria dizer "vender", e posteriormente tentar recuperar suas perdas fazendo vendas progressivamente prejudiciais que, no fim das contas, levaram a empresa a perder o equivalente a 0,5% do PIB.


ENTOMOLOGIA: Robert A. Lopez, de Westport, Nova Iorque, EUA, valente veterinário e amigo dos animais, grandes e pequenos. Por sua série de experiências em obter piolhos de orelha de gatos e inseri-los em suas próprias orelhas, para cuidadosamente observar e analisar os resultados.


FÍSICA: À Agência Meteorológica do Japão. Por seu estudo de sete anos para descobrir se os terremotos eram mesmo causados por peixes-gato abanando suas caudas.


LITERATURA: L. Ron Hubbard,autor de livros de ficção científica e fundador da Cientologia, por sua inspiradora "bíblia" "Dianética".


MATEMÁTICA: À Igreja Batista do Sul, pelo cálculo, comarca por comarca, de quantos cidadãos do Alabama iriam para o inferno se não se arrependessem.


MEDICINA: Este prêmio foi concedido em duas partes. A primeira, ao Paciente X, ex-membro da Marinha dos EUA, picado por sua serpente de estimação. Ele resolveu se tratar com eletrochoque (Cabos de velas de automóveis foram ligados a seus lábios, e o motor do carro funcionou a 3.000 rpm durante cinco minutos). A segunda parte, para os Drs. Richard C. Dart, do Centro de Peçonhas das Montanhas Rochosas, e Richard A. Gustafson, do Centro de Ciências da Saúde da Universidade do Arizona, pelo relato científico "A Falha do Tratamento Com Eletrochoque No Envenenamento Por Cascavel".


PAZ: John Hagelin,da Universidade Maharishi e do Instituto de Ciência, Tecnologia e Políticas Públicas, proclamador de pensamentos pacíficos. Por sua conclusão experimental de que o trabalho de 4.000 meditadores treinados causou uma redução de 18% nos crimes violentos na área de Washington.


PSICOLOGIA: Lee Kuan Yew, ex-Primeiro-Ministro de Cingapura,adepto da Psicologia Negativa. Por seu estudo de 30 anos sobre os efeitos de punir três milhões de cidadãos todas as vezes que eles cuspiam, mascavam chicletes ou alimentavam pombos.


QUÍMICA: Ao Senador Bob Glasgow,do Texas,por apresentar em 1989, uma lei anti-drogas que tornou ilegal a compra de provetas, frascos, tubos de ensaio e outros utensílios de laboratório sem licença.








1995






ECONOMIA: Dividido por Nick Leeson e seus superiores no Banco Barings e por Robert Citron, de Orange County, Califórnia, EUA. Por terem usado o cálculo de derivativos para demonstrar que toda instituição financeira tem seus limites.



FÍSICA: D. M. R. Georget, R. Parker, e A.C. Smith, do Instituto de Pesquisa do Alimento, de Norwich, Inglaterra. Por sua rigorosa análise da ação da umidade do leite sobre o cereal matinal, publicada na monografia "Um Estudo dos Efeitos dos Líquidos Sobre A Compactação do Cereal Matinal".


LITERATURA: David B. Busch e James R. Starling, de Madison, Wisconsin. Por seu profundo e penetrante estudo "Corpos Estranhos no Reto: Relato de Casos e Análise Detalhada da Literatura Mundial". As citações incluem, entre outros objetos dolorosos, sete lâmpadas, um amolador de faca, duas lanternas, um rolo de fio, uma caixa de rapé, uma lata de óleo, sete tipos diferentes de frutas, vegetais e outros alimentos, uma serra de joalheiro, um rabo de porco congelado, uma taça de estanho, um copo de chope, e uma notável coleção extraída de um único paciente: óculos, chave de mala, tabaqueira e uma revista.


MEDICINA: Márcia E. Buebel, David S. Shannahoff-Khalsa, e Michael R. Boyle, por seu revigorante estudo intitulado "Efeitos da Respiração Forçada Através de Uma Narina Sobre A Capacidade Cognitiva”.



NUTRIÇÃO: John Martinez, da J. Martinez & Company, de Atlanta, por ter inventado o Luak Coffee, o mais caro tipo de café do mundo, feito com grãos de café ingeridos e eliminados pelo luak, uma espécie de gato selvagem indonésio.


ODONTOLOGIA: Robert H. Beaumont, de Shoreview, Minnesota, por seu incisivo estudo "A Preferência dos Pacientes Por Fio Dental Encerado e Não-Encerado".


PAZ: Ao Parlamento de Taiwan, por demonstrar que os políticos fazem melhor em socar-se, chutar-se e estrangular-se do que em tentar fazer guerra a outras nações.


PSICOLOGIA: Shigeru Watanabe, Junko Sakamoto, e Masumi Wakita, da Universidade de Keio, Japão. Por seu êxito em treinar pombos para diferenciar as pinturas de Picasso das de Monet.



QUÍMICA: Bijan Pakzad, de Beverly Hills, por criar a colônia e o perfume "DNA",e embora nenhum contivesse ácido desoxirribonucléico,ambos foram apresentados em garrafas em forma de hélice tripla.


SAÚDE PÚBLICA: Martha Kold Bakkevig, da Sintef Unimed, em Trondheim, Noruega, e Ruth Nielson, da Universidade Politécnica da Dinamarca. Por seu exaustivo estudo: "O Impacto da Roupa de Baixo Molhada Sobre a Resposta Termogulatórida e o Conforto Térmico Diante do Frio".






1996




ARTE: Don Featherstone, de Fitchburg, Massachusetts (EUA). Por sua revolucionária invenção ornamental do flamingo rosa de plástico.


BIODIVERSIDADE: Chonosuke Okamura, do Laboratório Fóssil de Okamura, em Nagoya, Japão. Por descobrir os fósseis de dinossauros, cavalos, dragões, princesas e mais de mil outras "mini-espécies" extintas, cada uma delas com menos de 0,01 centímetro de comprimento.


BIOLOGIA: Anders Barheim e Hogne Sandvik, da Universidade de Bergen, Noruega, por seu saboroso estudo "Efeitos da Cerveja, do Alho e da Coalhada Sobre o Apetite das Sanguessugas".


ECONOMIA: Dr. Robert J. Genco, da Universidade de Buffalo. Por sua descoberta de que "Dificuldades Financeiras São Um Fator de Risco Para a Ocorrência de Doenças Periodontais". Ou seja: falta de dinheiro agrava os casos e aumenta a ocorrência de cárie e gengivite.


FÍSICA: Robert Matthews, da Universidade de Aston, Inglaterra, por seus estudos sobre a Lei de Murphy e especialmente por demonstrar que a torrada realmente cai mais freqüentemente do lado que tem a manteiga.


Variações da Lei de Murphy:

1.Se existem muitas maneiras de fazer uma coisa dar errado, você escolherá a que causará mais prejuízo.

2. Se tudo parece ir bem, é porque você não está prestando atenção.

3. Quanto mais valiosa for uma coisa, mais danos ela sofrerá.

4. Nada é tão fácil quanto parece ser.

5. Tudo demora mais do que você pensa.

6. Toda solução leva a novos problemas.

7. A torrada sempre cai com o lado da manteiga virado para baixo. As chances disso acontecer aumentam de acordo com o valor do tapete.

8. Nunca minta para sua mãe. Se mentir, tenha certeza de que ela descobrirá.

9. Todo corpo mergulhado em uma banheira faz tocar o telefone.

10. A fila do lado sempre anda mais rápido.

11. Quando você disca um número errado, nunca dá ocupado.

12. Um atalho é a maior distância entre dois pontos.

13. Todo cisco que voa encontra um olho.




LITERATURA: Aos editores do jornal "Social Text", por ávidamente publicarem uma pesquisa que não entendiam, que o autor dizia não ter nenhum sentido e que alegava que a realidade não existe.


MEDICINA: James Johnston, da R.J. Reynolds, Joseph Taddeo, da U.S. Tobacco, Andrew Tisch, da Lorillard, William Campbell, da Philip Morris, Edward A. Horrigan, do Liggett Group, Donald S. Johnston, da American Tobacco Company, e o falecido Thomas E. Sandefur, Jr, presidente da Brown and Williamson Tobacco Co., por sua inabalável descoberta, de acordo com seu testemunho ao Congresso dos Estados Unidos, de que a nicotina não vicia.


PAZ: Jacques Chirac, Presidente da França. Por comemorar o cinqüentenário da bomba de Hiroshima com um teste nuclear no Pacífico Sul.


QUÍMICA: George Goble, da Universidade Purdue (EUA), por seu explosivo recorde mundial de acender uma churrasqueira em três segundos, usando carvão e oxigênio líquido.


SAÚDE PÚBLICA: Ellen Kleist, de Nuuk, Groenlândia e Harald Moi, de Oslo, Noruega. Por seu cuidadoso relatório médico "Transmissão de Gonorréia Através de uma Boneca Inflável".






1997


























ASTRONOMIA: Richard Hoagland, de Nova Jérsei. Por identificar características artificiais na Lua e em Marte, incluindo uma face humana em Marte e edifícios de quinze quilômetros de altura no lado oposto da Lua.


BIOLOGIA: T. Yagyu e seus colegas do Hospital Universitário de Zurique (Suíça), da Universidade Médica de Osaka (Japão) e Centro de Pesquisa Tecnológica da Neurociência, em Praga (República Tcheca). Por medirem os padrões de ondas cerebrais de pessoas enquanto mascavam diferentes sabores de chiclete.


COMUNICAÇÕES: Sanford Wallace, presidente da Cyber Promotions, de Philadelphia (EUA) - nem chuva nem granizo nem enchentes nem noites escuras impediram que esse arauto da liberdade de imprensa entregasse lixo aos usuários de correio eletrônico em todo o mundo.


ECONOMIA: S. Akihiro Yokoi, da Wiz Company de Chiba, Japão, e Aki Maita, da Bandai Company, de Tóquio, pai e mãe do Tamagotchi, por desviarem milhões de pessoas de coisas mais úteis para tomarem conta de seus bichinhos virtuais.


ENTOMOLOGIA: Mark Hostetler, da Universidade da Flórida. Por seu livro extraordinário "Aquelas Cacas No Seu Carro", que identifica as marcas de fezes de insetos que aparecem em janelas de carros.


FÍSICA: John Bockris, da Universidade A&M, do Texas. Por seus inovadores processos de fusão a frio, de transformação de elementos vis em ouro e de incineração eletroquímica de lixo doméstico.


LITERATURA: Doron Witztum, Eliyahu Rips e Yoav Rosenberg de Israel, e Michael Drosnin, dos Estados Unidos, por sua arrepiante descoberta estatística de que a Bíblia possui um oculto e antigo código através do qual está escrita toda a história futura da humanidade.


MEDICINA: Carl J. Charnetski e Francis X. Brennan, Jr. da Universidade de Wilkes, e James F. Harrison da Muzak Ltd. de Seattle, Washington. Por sua descoberta de que ouvir música eletrônica no elevador estimula a produção de imunoglobulina (IgA) e pode ajudar a prevenir o resfriado comum.


METEOROLOGIA: Bernard Vonnegut, da Universidade do Estado de Nova Iorque, em Albany. Por seu revelador estudo: "A Depenagem das Galinhas Como Uma Medida da Velocidade do Vento de Um Tornado".


PAZ: Harold Hillman, da Universidade de Surrey, Inglaterra. Por sua adorável e confortante pesquisa "A Possível Dor Sentida Durante a Execução Por Diferentes Métodos".








1998



BIOLOGIA: Peter Fong, Peter Huminski e Lynette D'Urso, do Gettysburg College, Gettysburg, Pennsylvania, (EUA). Por contribuir para a felicidade dos mexilhões ao dar-lhes Prozac, conforme relatado em seu estudo "Indução e Potenciação da Reprodução em Mexilhões-Unha (Sphaerium striatinum) Por Inibidores Seletivos de Serotonina".


CIÊNCIA DA EDUCAÇÃO: Dolores Krieger, Professora Emérita da Universidade de Nova York. Por demonstrar os méritos do toque terapêutico, um método através do qual as enfermeiras manipulam campos de energia de pacientes enfermos enquanto cuidadosamente evitam tocá-los.


ECONOMIA: Richard Seed, de Chicago. Por seu esforço pela melhora da Humanidade através da clonagem de si mesmo e de outros como ele.


ENGENHARIA DE SEGURANÇA: Troy Hurtubise, de North Bay, Ontario (Canadá). Por desenvolver e testar pessoalmente uma armadura resistente ao ataque de ursos pardos.


ESTATÍSTICA: Jerald Bain, do Hospital Mt. Sinai, de Toronto (Canadá) e Kerry Siminoski, da Universidade de Alberta (Canadá) por seu estudo cuidadosamente documentado e medido "A Relação Entre A Altura, O Comprimento do Pênis E O Tamanho do Pé".


FÍSICA: Deepak Chopra, do Centro Chopra Para o Bem-Estar, em La Jolla, Califórnia (EUA). Por sua especial interpretação da Física Quântica e suas aplicações para a vida, a liberdade e a busca da estabilidade financeira.


LITERATURA: Dra. Mara Sidoli, de Washington, DC (EUA), por seu esclarecedor estudo "A Flatulência Como Uma Defesa Contra O Medo Inexprimível".



MEDICINA: Ao Paciente Y e seus médicos, Caroline Mills, Meirion Llewelyn, David Kelly, e Peter Holt, do Hospital Real de Gwent, País de Gales. Por seu estudo médico "Um Homem Que Feriu Seu Dedo e Cheirou Mal Por Cinco Anos".


PAZ: Primeiros-Ministros da Índia, Shri Atal Bihari Vajpayee, e do Paquistão, Nawaz Sharif. Por suas agressivamente pacíficas explosões de bombas atômicas.


QUÍMICA: Jacques Benveniste, da França, por sua descoberta homeopática de que a água não apenas tem memória (Prêmio Ig Nobel de Química em 1991) mas também que a informação dela pode ser transmitida por linhas telefônicas e pela Internet (Prêmio Ig Nobel 1998).










1999









ASSISTÊNCIA MÉDICA: Os falecidos George e Charlotte Blosky, da cidade de Nova York e de San José, California. Por inventarem um aparelho para ajudar em partos. A mulher é amarrada a uma mesa circular, que é girada por um motor a altas velocidades. Não se sabe como aparar o bebê quando é expelido da mãe.


BIOLOGIA: Dr. Paul Bosland, diretor do Instituto da Pimenta Chili, da Nova Universidade Estatal Mexicana, de Las Cruces, México. Por produzir uma pimenta jalapeño que não é picante.


CIÊNCIA DA EDUCAÇÃO: Aos Comitês Educacionais dos Estados do Kansas e do Oregon. Por recomendarem às crianças que não levem a teoria da Evolução de Darwin mais a sério do que levam a lei da gravitação universal de Newton, a teoria eletromagnética de Faraday e Maxwell, ou a teoria de Pasteur de que germes causam doenças.


FÍSICA: Dr. Len Fisher, físico da cidade de Bath, Inglaterra, e Sidney, Austrália, por calcular a maneira de molhar um biscoito. Em um copo de leite... e o Professor Jean-Marc Vander-Broeck, da Universidade de East Anglia, Inglaterra, e Bélgica, por calcular como fazer um bule de chá que não pingue.


LITERATURA: Ao Instituto Britânico de Normas Técnicas. Por seu manual de seis páginas sobre como fazer uma xícara de chá.


MEDICINA: Dr. Arvid Vatle, de Stord, Noruega. Por colecionar, classificar e analisar cuidadosamente que tipos de recipientes os pacientes usam quando submetem amostras de urina para exame.


PAZ: Charl Fourie e Michelle Wong, de Joannesburgo, África do Sul. Por inventarem um alarme anti-furto para automóveis que consiste em um circuito detector e um lança-chamas.


PROTEÇÃO AMBIENTAL: Hyuk-ho Kwon, da Kolon Company de Seoul, Coréia do Sul. Por inventar um terno auto-perfumante.


QUÍMICA: Takeshi Makino, Presidente da Agência de Detetives "Segura", em Osaka, Japão. Pelo desenvolvimento do S-Check, um spray detector de infidelidade que a esposa pode aplicar à roupa de baixo de seu marido.


SOCIOLOGIA: Steve Penfold, da Universidade York em Toronto (Canadá), por sua tese de PhD em Sociologia sobre lojas de rosquinhas canadenses.









2000





BIOLOGIA: Richard Wassersug, da Dalhousie University, por seu relato em primeira mão "Sobre a Palatabilidade Comparada de Algumas Espécies de Girinos da Costa Rica".



CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO: Chris Niswander, de Tucson, Arizona. Pela invenção do PawSense, um programa que detecta quando um gato está andando sobre o teclado do seu computador.


ECONOMIA: O Reverendo Sun Myung Moon. Por tornar eficiente e crescente a indústria do casamento em massa. De acordo com seus relatos, ele começou com uma cerimônia de 36 casais em 1960, 430 casais em 1968, 1.800 casais em 1975, 6.000 casais em 1982, 30.000 casais em 1992, 360.000 em 1995 e 36.000.000 em 1997.


FÍSICA: André Geim, da Universidade de Nijmegen (Países Baixos) e Sir Michael Berry, da Universidade de Bristol (Reino Unido). Por usarem ímãs para levitar um sapo.


LITERATURA: Guru australiana Jasmuheen (formalmente conhecida como Ellen Greve) pelo seu livro "Vivendo da Luz". Nele, a mulher ensina o leitor a viver sem comer nada.


MEDICINA: Willibrord Weijmar Schultz, Pek van Andel, e Eduard Mooyaart ,de Groningen, e Ida Sabelis, de Amsterdã, todos dos Países Baixos. Por seu esclarecedor relato "Ressonância Magnética dos Órgãos Genitais Masculino e Feminino Durante o Coito e Durante a Excitação Sexual Feminina".



PAZ: À Marinha Real Britânica. Por ordenar a seus marujos que parem de usar balas de canhão verdadeiras em seus treinamentos e passem a fingir dar tiros e a gritar "Bang!".



PSICOLOGIA: David Dunning, da Cornell University, e Justin Kreuger, da Universidade de Illinois. Por sua modesta monografia "Inábil E Ignorante Disso: Como A Dificuldade de Compreender A Própria Incompetência Leva A Auto-Elogios Exagerados".



QUÍMICA: Donatella Marazziti, Alessandra Rossi, e Giovanni Cassano, da Universidade de Pisa; e Hagop Akiskal, da Universidade da Califórnia, em San Diego. Por sua descoberta de que, bioquímicamente falando, o amor é indistinguível de uma desordem obsessivo-compulsiva grave.



SAÚDE PÚBLICA: Jonathan Wyatt, Gordon McNaughton, e William Tullet, de Glasgow. Por seu alarmante estudo "O Colapso dos Banheiros Públicos de Glasgow".









2001





ASTROFÍSICA: Dr. Jack e Rexella Van Impe, do Ministério Jack Van Impe, de Rochester Hills, Michigan (EUA). Por sua descoberta de que os buracos negros preenchem todos os requisitos técnicos para serem a verdadeira localização do inferno.


BIOLOGIA: Buck Weimer, de Pueblo, Colorado (EUA). Pela invenção do Under-Ease, uma roupa de baixo com um filtro de carvão ativado que filtra gases malcheirosos antes que escapem.


ECONOMIA: Joel Slemrod, da Faculdade de Administração da Universidade de Michigan (EUA), e Wojciech Kopczuk, da Universidade da Colúmbia Britânica (Canadá), por sua conclusão de que as pessoas encontram uma maneira de adiar suas mortes se isto significar que terão de pagar menos imposto sobre a herança.


FÍSICA: David Schmidt, da Universidade de Massachusetts (EUA), por sua solução parcial da pergunta "Por Que A Cortina do Banheiro Sempre Se Dobra Para Dentro?"


LITERATURA: John Richards, de Boston, Inglaterra, fundador da Sociedade de Proteção do Apóstrofo. Por seus esforços para proteger, promover e defender as diferenças entre plural e possessivo.


MEDICINA: Peter Barss, da McGill University (Montreal, Canadá), por seu impactante estudo médico "Ferimentos Causados Pela Queda de Côcos".


PAZ: Viliumas Malinauskus, de Grutas, Lituânia. Pela criação de um divertido parque temático chamado "O Mundo de Stálin".


PSICOLOGIA: Lawrence W. Sherman, das Universidade de Miami e Estadual de Ohio. Por seu influente estudo "Um Estudo Ecológico da Alegria Entre Pequenos Grupos de Crianças Em Idade Pré-Escolar".


SAÚDE PÚBLICA: Chittaranjan Andrade e B.S. Srihari, do Instituto Nacional de Saúde Mental e Neurociências, de Bangalore, Índia, pela surpreendente constatação e comprovação científicas que tirar meleca é uma atividade comum entre adolescentes.



TECNOLOGIA: Concedido conjuntamente a John Keogh, de Hawthorn, Victoria, Austrália, por patentear a roda em janeiro de 2001, e ao Escritório de Patentes da Austrália, por lhe conceder a patente n.º 2001100012.









2002




























BIOLOGIA: Norma Bubier, Charles Paxton e Charles Deeming, pela pesquisa “Comportamento de Flerte de Avestruzes Com Humanos em Fazendas no Reino Unido".



ECONOMIA: Adaptação do conceito matemático de números imaginários para uso no mundo dos negócios por executivos, diretores e auditores de empresas norte-americanas e de outros países: Arthur Andersen,Enron, Cendant,CMS Energy,Duke Energy,Dynegy, Global Crossing,Informix,Kmart,Adelphia, McKesson HBOC, Merrill Lynch, Merck, Peregrine Systems, Qwest Communications, Reliant Resources, Rent-Way, Rite Aid, Sunbeam,Tyco, Waste Management, WorldCom, Xerox,Lernaut & Hausbie (Bélgica),Banco do Comércio e Crédito Internacional (Paquistão), Gazprom (Rússia),HIH Insurance (Austrália),e Maxwell Communications (Reino Unido).


FÍSICA: Arnd Leike, da Universidade de Munique (Alemanha), com Demonstração da Lei da Decomposição Exponencial Usando Espuma de Cerveja.


HIGIENE: Eduardo Segura, o inventor da máquina de lavar cães e gatos. Ele trabalha na Lavakan de Aste,em Tarragona, Espanha.



LITERATURA: Vicki Silvers, da Universidade de Nevada, e David Kreiner, da Universidade de Missouri (EUA), pelo trabalho "O Efeito de Sublinhados Pré-Existentes Inapropriados Sobre A Compreensão da Leitura". É uma pesquisa sobre o efeito de marcação de texto na compreensão da leitura.


MATEMÁTICA: K. P. Sreekumar e G. Nirmalan, da Universidade Agrícola de Kerala (Índia) com Estimativa de Área da Superfície Total de Elefantes Indianos (Elephas maximus indicus).


MEDICINA: Chris McManus, da Universidade College London (Inglaterra) que pesquisou a "Assimetria Escrotal Em Homens E Em Escultura Antiga". É um artigo que analisa a diferença na representação dos testículos esquerdo e direito em 107 esculturas, mostrando que os artistas antigos erraram ao assumir que o testículo posicionado mais baixo na bolsa escrotal deveria ser o maior em tamanho.


PAZ: Presidente da Takara Co,Keita Sato; Presidente do Japan Acoustic Lab, Dr. Matsumi Suzuki, e o Diretor-Executivo do Kogure Veterinary Hospital, Dr. Norio Kogure, que, preocupados em promover a harmonia entre as espécies, inventaram o Bow-Lingual,um tradutor de latidos.


PESQUISA INTERDISCIPLINAR: Karl Kruszelnicki, da Universidade de Sydney (Austrália) que fez uma pesquisa sobre curativos no umbigo (quem compra, de que cor, quanto paga,etc).


QUÍMICA: Theodore Gray, da Organização Pesquisa Wolfram, de Champaign (EUA), pelo trabalho "Reorganização da Tabela Periódica de Tal Forma Que Ela Virasse Uma Mesa".






2003





BIOLOGIA: C.W.Moeliker, do Museu de História Natural de Roterdam,na Holanda, por documentar cientificamente o primeiro caso registrado de necrofilia homossexual entre patos.


ECONOMIA: Karl Schwärzler e a nação de Liechtenstein, por tornar possível alugar o país inteiro para convenções empresariais, casamentos, bar mitzvahs e outras reuniões.


ENGENHARIA: John Paul Stapp; Edward A. Murphy, Jr. (falecidos); e George Nichols, americanos, por haverem sido os responsáveis, conjuntamente, pela criação, em 1949, do princípio básico da engenharia segundo o qual "Se há duas ou mais maneiras de se fazer algo e uma delas levará a uma catástrofe, alguém fará esta escolha", ou, em outras palavras; "Se algo pode dar errado, dará".


FÍSICA: Jack Harvey, John Culvenor, Warren Payne, Steve Cowley, Michael Lawrance, David Stuart, e Robyn Williams, australianos, por seu irresistível relatório "Uma Análise das Forças Necessárias Para Arrastar Ovelhas Sobre Variadas Superfícies".


LITERATURA: John Trinkaus, da Zicklin School of Business, de Nova York. Por meticulosamente coletar dados e publicar mais de 80 relatórios acadêmicos detalhados sobre incômodos e anomalias específicos da vida moderna, tais como: Qual porcentagem de pessoas usam bonés de baseball com o bico para trás; Qual porcentagem de pedestres usa tênis brancos em vez de outra cor; Qual porcentagem de nadadores prefere terminar as voltas do lado raso da piscina ao invés do fundo,etc.


MEDICINA: Eleanor Maguire, David Gadian, Ingrid Johnsrude, Catriona Good, John Ashburner, Richard Frackowiak, e Christopher Frith, do University College (Londres). Por apresentarem provas de que os cérebros dos taxistas londrinos são mais desenvolvidos que os de seus passageiros. (Estudo "Mudança Estrutural Relacionada à Navegação nos Hipocampos dos Taxistas de Londres").



PAZ: Lal Bihari, de Uttar Pradesh, Índia, por um feito triplo: Primeiro, por levar uma vida ativa mesmo após ter sido declarado morto; segundo, por travar uma vívida campanha póstuma contra a inércia da burocracia e os parentes mesquinhos; e terceiro, por criar a Associação das Pessoas Mortas. OBS.: O produtor de cinema Satish Kaushik fará um filme sobre a vida (e a morte e a vida) de Lal Bihari.


PESQUISA INTERDISCIPLINAR: Stefano Ghirlanda, Liselotte Jansson, e Magnus Enquist, da Universidade de Estocolmo, por seu inacreditável relato "As Galinhas Preferem Humanos Bonitos".


PSICOLOGIA: Gian Vittorio Caprara e Claudio Barbaranelli,da Universidade de Roma, e Philip Zimbardo, da Universidade de Stanford, por seu esclarecedor ensaio "As Personalidades Particularmente Simples dos Políticos".



QUÍMICA: Yukio Hirose,da Universidade de Kanazawa, por sua investigação científica sobre as razões de uma estátua de bronze na cidade de Kanazawa não atrair pombos.







2004





BIOLOGIA: Ben Wilson, da Universidade de British Columbia, Lawrence Dill, da Universidade Simon Fraser (Canadá), Robert Batty, da Associação Escocesa da Ciência Marinha, Magnus Wahlberg, da Universidade de Aarhurs (Dinamarca) e Hakan Westerberg, do Escritório Nacional de Pesca da Suécia, por mostrarem que os arenques aparentemente se comunicam por meio de puns.


ECONOMIA: Ao Vaticano, por terceirizar preces para a Índia.


ENGENHARIA: Donald J. Smith, e seu pai, o falecido Frank Smith, de Orlando, Flórida, por patentearem o Combover (penteado utilizado por calvos para disfarçar a careca, que consiste em trançar os fios remanescentes e distribuí-los pela cabeça).


FÍSICA: Ramesh Balasubramanian, da Universidade de Ottawa (Canadá), e Michael Turvey, da Universidade de Yale e do Laboratório Haskins (EUA), por explorar e explicar a dinâmica dos movimentos com bambolês.



LITERATURA: À Biblioteca de Pesquisa Nudista Americana, na Flórida, por preservar a História do Nudismo para que qualquer um possa ver isso.


MEDICINA: Steven Stack, da Universidade Estadual de Wayne, e James Gundlach, da Universidade de Auburn, por publicarem "O Efeito da Música Country No Suicida".


PAZ: Daisuke Inoue,de Hyogo, Japão, por inventar o Karaokê, ao estabelecer uma forma original de ensinar as pessoas a tolerar as outras.


PSICOLOGIA: Daniel Simmons, da Universidade de Illinois e Urbana-Champaign, e Christopher Chabris, da Universidade de Harvard (EUA), por demonstrarem que pessoas muito concentradas em alguma coisa tendem a ignorar qualquer outro acontecimento - mesmo uma mulher vestida de gorila.


QUÍMICA: A Coca-Cola da Grã-Bretanha, por usar tecnologia avançada para 'purificar' e engarrafar água do Rio Tâmisa em um produto (Dasani) que teve seu consumo proibido por autoridades locais.


SAÚDE PÚBLICA: Jillian Clark, da Escola de Ensino Médio de Ciências da Agricultura de Chicago, por sua investigação científica conhecida como "A Regra dos Cinco Segundos": Quando um alimento cai no chão por menos de cinco segundos, é seguro pegá-lo e comê-lo.







2005





BIOLOGIA: Benjamin Smith, da Universidade de Adelaide (Austrália),a Universidade de Toronto (Canadá) e as empresas Firmenich Perfume Company, de Genebra (Suíça) e ChemComm Enterprises, de Archamps (França); Craig Williams, da Universidade James Cook e a Universidade do Sul da Austrália; Michael Tyle e Brian Williamsr, da Universidade de Adelaide (Austrália), e Yoji Hayasaka, do Instituto de Pesquisas Australiano; por catalogarem os odores das secreções expelidas por 131 espécies de sapos quando submetidos a situações de stress.



DINÂMICA DOS FLUIDOS: Victor Benno Meyer-Rochow , da Universidade Internacional de Bremen (Alemanha) e Jozsef Gal, da Universidade Loránd Eötvös (Hungria) pelo trabalho "Pressões Produzidas Quando Pingüins Defecam - Cálculos Sobre A Defecação Aviária".


ECONOMIA: Gauri Nanda, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, por inventar um despertador que toca e se esconde repetidamente, como fator para o aumento da produtividade de trabalhadores.


FÍSICA: John Mainstone e o falecido Thomas Parnell, da Universidade de Queensland (Austrália), por pacientemente conduzir um experimento desde 1927,um experimento para demonstrar a viscosidade do piche, no qual uma "gota" de uma bola de alcatrão caía num frasco a cada nove anos.


HISTÓRIA DA AGRICULTURA: James Watson, da Universidade Massey, Nova Zelândia, por seu erudito estudo "A Importância do Sr Richard Burcley Explodindo Calças".


LITERATURA: A um grupo de golpistas nigerianos da internet, por terem "criado e usado e-mail para distribuir uma arrojada série de contos, assim apresentando a milhões de leitores um rico conjunto de personagens", como o general Sani Abacha e a sra. Mariam Saani Abacha, Barrister Jon A Mbeki Esq,e outros, que pedem ao internauta "só uma pequena soma em dinheiro" para que possam obter uma fortuna à qual têm direito e que gostariam de dividir com quem ajudá-los.


MEDICINA: Gregg Miller, de Oak Grove, Missouri (EUA) por inventar os Neutículos - testículos de borracha para cães - disponíveis em vários tamanhos e graus de consistência.


NUTRIÇÃO: Dr.Yoshiro Nakamats, de Tóquio (Japão) por fotografar e analisar todas as refeições que ingeriu nos últimos 34 anos (e continua).


PAZ: Claire Rind e Peter Simmons, da Universidade de Newcastle, por sua pesquisa sobre a atividade das células do cérebro de gafanhotos enquanto os insetos assistiam a trechos de filmes da série "Guerra Nas Estrelas".Journal of Neurophysiology, vol. 68, no. 5, November 1992, pp. 1654-66.


QUÍMICA: Edward Cussler, da Universidade de Minnesota, e Brian Gettelfinger, das Universidades de Minnesota e de Wiscosin, realizaram cuidadoso experimento para resolver uma questão de fundamental importância: As pessoas nadam mais depressa em melado ou em água?








2006








ACÚSTICA: D.Lynn Halpern,da Associação Médica de Vanguarda de Harvard, Universidade Brandeis, e Universidade Nothwestern, (EUA), Randolph Blake, das Universidades de Vanderbilt e Northwestern (EUA),e James Hillenbrand, das Universidades Western Michigan e Northwestern EUA), por conduzirem experiências para estudar porque as pessoas detestam o barulho de unhas arranhando um quadro-negro.


BIOLOGIA: Bart Knols, da Universidade Agrícola de Wageningen, dos Países Baixos, Instituto Nacional de Pesquisa Médica do Centro Ifakara (Tanzânia), Agência Internacional de Energia Atômica, em Viena (Áustria), e Ruurd de Jong, da Universidade Agrícola de Wageningen e de Santa Maria de Angeli (Itália),por mostrarem que a fêmea do mosquito da malária (Anopheles gambiae) é atraída igualmente pelo cheiro do queijo Limburg e dos pés humanos.


FÍSICA: Basile Audoly e Sebastien Neukirch, da Universidade Pierre et Marie Curie (Paris) por explicarem por que, quando dobramos espaguete seco, ele freqüentemente se quebra em mais de dois pedaços.


LITERATURA: Daniel Oppenheimer, da Universidade de Princeton, por seu estudo "Conseqüências do Vernáculo Erudito Utilizado Independentemente da Necessidade: Problemas Com O Uso de Palavras Longas Desnecessariamente".


MATEMÁTICA: Nic Svenson e Piers Barnes, da Comunidade Científica Australiana e Organização de Pesquisa, por calcularem o número de fotografias que é necessário tirar para que ninguém apareça piscando em uma foto de grupo. Velocity, June 2006.


MEDICINA: Francis M. Fesmire, do Colégio de Medicina da Universidade do Tennessee (EUA) pelo estudo "Término dos Soluços Intratáveis com Massagem Retal Digital"; e Majed Odeh, Harry Bassan, e Arie Oliven do Departamento de Medicina Interna do Centro Médico Bnai Zion, de Haifa (Israel),pelo relato subseqüente de um caso relativo a esse assunto.


NUTRIÇÃO: Wasmia Al-Houty, da Universidade do Kuwait, e Faten Al-Mussalam, do Escritório de Ambientes da Autoridade Pública daquele país, por mostrarem que besouros de esterco são "comedores meticulosos".


ORNITOLOGIA: Ivan R. Schwab, da Universidade de Califórnia Davis, e o falecido Philip May, da Universidade de Califórnia, Los Ângeles, que exploraram e explicaram como os pica-paus podem passar a vida golpeando a cabeça contra a parede e não terem dor de cabeça.


PAZ: Howard Stapleton, de Merthyr Tydfil, Wales, por inventar um repelente eletromecânico de adolescentes - produz um barulho perturbador audível somente por jovens, capaz de afastá-los em apenas alguns minutos; e por utilização da mesma tecnologia para fabricar toques de telefones audíveis apenas por adolescentes e não por seus professores.


QUÍMICA: Antonio Mulet, José Javier Benedito e José Bom, da Universitdade de Valencia (Espanha), e Carmen Rosselló, da Universidade Illes Balears, de Palma de Mallorca (Espanha), pelo estudo "Velocidade Ultra-Sônica do Queijo Cheddar Quando Afetado Pela Temperatura".









2007




























AVIAÇÃO: Patricia V. Agostino, Santiago A. Plano e Diego A. Golombek, da Universidade Nacional de Quilmes, Argentina, pela pesquisa sobre "A Eficácia Do Medicamento Viagra Na Recuperação Mais Rápida Dos Hamsters, Dos Efeitos Do Jet-Lag (alterações biológicas causadas pela mudança dos fusos horários) Em Viagens Aéreas De Longa Duração". Publicado pela Academia de Ciências da Argentina em junho, o trabalho mostrou que o princípio ativo Sildenafil incide sobre o relógio biológico do corpo humano e permite superar a defasagem do sono em viagens de avião.



BIOLOGIA: Profª Dra. Johanna E.M.H. Van Bronswijk, da Universidade de Tecnologia de Eindhoven, Holanda, por ter coletado e computado um conjunto de informações (censo) sobre "Os Insetos, Ácaros, Bactérias, Fungos E Outras Formas De Vida Encontradas Nas Camas Das Pessoas".



ECONOMIA: Kuo Cheng Hsieh, de Taiwan, por patentear um sistema para deter ladrões de banco com auxílio de redes. O comitê organizador do Ig Nobel não conseguiu localizar Hsieh para notificá-lo de que havia sido agraciado.



FÍSICA: L. Mahadevan, da Universidade de Harvard, e Enrique Cerda Villablanca, da Universidade de Santiago do Chile, por pesquisas sobre "A Origem E O Mecanismo De Enrugamento Dos Lençóis".


LINGUÍSTICA: Juan Manuel Toro, Josep B. Trobalon e Nuria Sebastian-Galles, da Universidade de Barcelona, por demonstrar que os ratos algumas vezes não conseguem distinguir entre frases nos idiomas japonês e holandês, faladas na ordem correta e as mesmas frases quando são ditas na ordem inversa.



MEDICINA: Dan Meyer and Brian Witcombe, pelas pesquisas sobre os "Efeitos Colaterais Do Ato De Engolir Espadas". Brilhantemente concluíram que os engolidores de facas podem ficar com inflamação no esôfago.


NUTRIÇÃO: Brian Wansink, da Universidade Cornell, por seus estudos sobre o "Os Limites Do Apetite Humano", utilizando a técnica de reabastecer secreta e automaticamente os pratos de sopa dos voluntários avaliados. Os pratos nunca ficavam vazios.


PAZ: Laboratório Wright, da Força Aérea dos Estados Unidos, em Dayton, Ohio, pela pesquisa para o desenvolvimento de uma arma química, também conhecida por "Bomba Gay", a qual despertaria o comportamento homossexual generalizado entre os combatentes das tropas inimigas, tornando-os sexualmente irresistíveis entre si. O projeto, de 1994, foi divulgado apenas este ano. Custo estimado: US$ 7,5 milhões.


QUÍMICA: Mayu Yamamoto, do International Medical Center do Japão),que desenvolveu método para extrair fragrância de baunilha a partir do estrume bovino. Em sua homenagem, uma sorveteria de Cambridge (cidade norte-americana onde fica a Universidade Harvard, cujos estudantes estão envolvidos na promoção do Ig) criou um sabor especial de baunilha chamado Yum-a-moto Vanilla Twist". que foi oferecido à degustação pública.








2008


























ARQUEOLOGIA: Astolfo Gomes de Mello Araújo e José Carlos Marcelino, da Universidade de São Paulo (USP),por demonstrarem que os tatus podem misturar os vestígios em um sítio arqueológico.


BIOLOGIA: Marie-Christine Cadiergues, Christel Joubert e Michel Franc, da Escola Nacional Veterinária de Toulouse,França, pela descoberta de que as pulgas que vivem nos cães pulam mais alto do que as que vivem nos gatos.


CIÊNCIAS COGNITIVAS: Toshiyuki Nakagaki,da Universidade de Hokkaido, Hiroyasu Yamada, de Nagoya,Ryo Kobayashi, da Universidade de Hiroshima,Atsushi Tero, da Presto JST,Akio Ishiguro,da Universidade de Tohoku, e Ágota Tóth,da Universidade de Szeged,Hungria, por descobrirem que os micetozoários - uma espécie de ameba - podem resolver problemas e quebra-cabeças.


ECONOMIA: Geoffrey Miller, Joshua Tyber e Brent Jordan, todos da Universidade do Novo México,por descobrirem que dançarinas de strip tease ganham mais dinheiro nos períodos de fertilidade,ou seja,quando estão ovulando.


FÍSICA: Dorian Raymer, do Ocean Observatories Initiative at Scripps Institution of Oceanography, e Douglas Smith, da Universidade da Califórnia,por provarem que montes de corda ou cabelo inevitavelmente embolam.


LITERATURA: David Sims, da Cass Business School,por seu estudo "You Bastard: A Narrative Exploration Of The Experience Of Indignation Within Organizations" ("Seu Bastardo: Uma Narrativa da Exploração da Experiência da Indignação Dentro das Organizações").


MEDICINA: Dan Ariely, da Universidade de Duke, Rebecca L. Waber. do MIT,Baba Shiv, da Universidade de Stanford, e Ziv Carmon, do INSEAD de Cingapura, por demonstrarem que medicamentos falsos caros são mais eficientes do que os medicamentos falsos baratos.


NUTRIÇÃO: Massimiliano Zampini,da Universidade de Trento, e Charles Spence,da Universidade de Oxford, por demonstrarem que a comida é mais saborosa quando soa mais atraente.Eles modificaram eletronicamente o ruído de uma batata frita a fim de fazer com que a pessoa que a mastiga pensar que ela é mais crocante e fresca do que realmente é.


PAZ: O Comitê Federal Suíço de Ética em Biotecnologia Não-Humana e os cidadãos suíços, por adotarem o princípio legal de que as plantas têm dignidade.


QUÍMICA: Sheree Umpierre, da Universidade de Porto Rico,Joseph Hill,do Centro de Fertilização da Nova Inglaterra, e Deborah Anderson, das Escolas de Medicina das Universidades de Boston e Harvard, por constatarem que a Coca-Cola é um espermicida eficiente, e Chuang -Ye Hong,da Universidade de Medicina de Taipei,Taiwan, C.C. Shieh, P. Wu e B.N. Chiang, todos de Taiwan, por provarem o contrário.









2009




























BIOLOGIA: Fumiaki Taguchi, Song Guofu e Zhang Guanglei, da Universidade de Medicina de Kitasato, Japão,que provaram que a massa de restos orgânicos pode ser reduzida em até 90% com a utilização de bactérias extraídas das fezes de pandas.



ECONOMIA: Diretores, executivos e auditores de quatro bancos islandeses, que mostraram que pequenos bancos podem se tornar enormes bancos, e vice-versa, e que isto pode ser feito também com toda a economia de um país.


FÍSICA: Katherine Whitcome,da Universidade de Cincinnati, Daniel Lieberman, da Universidade de Harvard, e Liza Shapiro, da Universidade do Texas,que fizeram cálculos analíticos para descobrir porquê grávidas não caem para frente devido ao peso da barriga.


LITERATURA: Polícia da Irlanda,que deu mais de 50 multas para Prawo Jazdy,que significa "Carteira de Motorista" em polonês.


MATEMÁTICA: Gideon Gono, presidente do Banco Central do Zimbábue, que imprimiu nas notas as cifras que vão de um centavo a uma centena de trilhões de dólares, para “facilitar” a compreensão popular da complicada situação financeira do país.


MEDICINA: O pesquisador independente norte-americano,Donald Unger,que investigou a possível causa da artrite nos dedos: passou 60 anos estalando somente os dedos da mão esquerda, deixando os da mão direita sem estalar.


MEDICINA VETERINÁRIA: Catherine Douglas e Peter Rowlinson, da Universidade de Newcastle, no Reino Unido, por provarem que vacas com nomes são mais produtivas que as sem nomes. Catherine Douglas dedicou o prêmio a Purslane, Wendy e Tina,“As vacas mais gentis que já conheci”.


PAZ: Stephan Bolliger, Steffen Ross,Lars Oesterhelweg,Michael Thali e Beat Kneubuehl,da Universidade de Berna,Suíça,que pesquisaram se é melhor levar uma pancada na cabeça com uma garrafa de cerveja cheia ou vazia. Conclusão: "Ambos são suficientes para quebrar o crânio. Contudo, os vazios são mais resistentes", porque a pressão da cerveja faz com que a garrafa cheia exploda rapidamente.


QUÍMICA: Javier Morales, Miguel Apatiga e Victor Castano, da Universidade Nacional Autônoma do México,que mostraram como fazer diamantes a partir de tequila.


SAÚDE PÚBLICA: Engenheiros de Chicago, Elena Bodnar, Raphael Lee e Sandra Marijan, por fazer um sutiã que pode virar duas máscaras anti-gás.










2010



























ADMINISTRAÇÃO: Alessandro Pluchino,Andrea Rapisarda e Cesare Garofalo,da Universidade de Catania (Itália),por partirem do pressuposto de que se todas as pessoas são promovidas até o nível máximo de incompetência delas, era preciso demonstrar matematicamente que as empresas se tornariam mais eficientes se as promoções de funcionários fossem feitas de forma aleatória.


BIOLOGIA: Libiao Zhang,Min Tan,Guangjian Zhu,Jianping Ye,Tiyu Hong,Shanyi Zhou e Shuyi Zhang, do Instituto Entomológico de Guangdong (China), e Gareth Jones, da Universidade de Bristol, por documentarem cientificamente que morcegos frugívoros fazem sexo oral,e isso prolonga o tempo de cópula.


ECONOMIA: Executivos e diretores da Goldman Sachs, AIG, Lehman Brothers, Bear Stearns, Merrill Lynch e Magnetar, pelas "técnicas criativas de investimento que levaram a economia global à recessão".


ENGENHARIA: Zoólogas inglesas Karina Acevedo-Whitehouse e Agnes Rocha-Gosselin, da Sociedade de Zoologia da Grã-Bretanha, e Diane Gendronque, do Instituto Politécnico Nacional,de Baja California Sur,do México,que usaram helicópteros de controle remoto na coleta de catarro de baleias: eram sobrevoos quando o animal vinha à superfície, para coletar o muco em bandejas localizadas na parte inferior da aeronave.


FÍSICA: Lianne Parkin, Sheila Williams, e Patrícia Priest da Universidade de Otago (Nova Zelândia), que descobriram que usar meias fora dos sapatos reduz o risco de escorregões e quedas no gelo.


MEDICINA: Simon Rietveld,da Universidade de Amsterdam (Holanda),e Ilja van Beest,da Universidade Tilburg,que mostraram que sucessivos passeios de montanha-russa ajudam no tratamento de sintomas da asma: a manifestação de emoções negativas e positivas ajuda a dilatar os brônquios, facilitando a respiração de pessoas com a doença. Tanto a ansiedade que a antecede como a sensação de alívio após a volta na montanha-russa ajudam o paciente.


PAZ: Richard Stephens, John Atkins e Andrew Kingston, da Universidade de Keele (Reino Unido), que descobriram que falar usar palavrões e obscenidades num momento de dor alivia a tensão. Os testes incluíram deixar a mão num bloco de gelo para ver quanto tempo se aguenta. Pessoas com a 'boca suja' foram capazes de aguentar mais. "O que pensamos é que quando você xinga, você produz uma reação emocional em si mesmo e estimula seu sistema nervoso. [...] Faz com que seu coração acelere, com que sua adrenalina corra."


PLANEJAMENTO DE TRANSPORTES: Toshiyuki Nakagaki, Atsushi Tero, Seiji Takagi, Tetsu Saigusa, Kentaro Ito, Kenji Yumiki e Ryo Kobayashi, da Universidade de Hokkaido (Japão), e Dan Bebber e Mark Fricker, da Grã-Bretanha, por usarem um tipo de fungo/mofo chamado Dictyostelium discoideum, para determinar as rotas mais eficientes de trens.

OBS: É a segunda vez que esses cientistas japoneses ganham o prêmio Ig Nobel. Em 2008, descobriram que esse mesmo tipo de mofo é capaz de resolver quebra-cabeças.


QUÍMICA: Eric Adams, do MIT; Scott Socolofsky, da Universidade A&M do Texas; Stephen Masutani, da Universidade do Havaí, e a British Petroleum (BP) - empresa responsável pela plataforma que explodiu e causou o vazamento de petróleo no Golfo do México,o maior desastre ambiental dos Estados Unidos - por refutarem a crença de que água e óleo (no caso, petróleo) não se misturam.


SAÚDE PÚBLICA: Manuel Barbeito,Charles Mathews,e Larry Taylor,do Escritório de Saúde e Segurança Industrial, por determinar através de experimentos que os micróbios preferem cientistas com barba porque se agarram a ela.









2011




















BIOLOGIA: Darryl Gwynne (do Canadá, Austrália, Reino Unido e EUA) e David Rentz (Austrália e EUA) por descobrirem que um certo tipo de besouro tem mais atração por uma garrafa específica de cerveja australiana. A pesquisa, feita em uma universidade canadense, narra a história de um besouro macho que tentou fazer sexo com uma garrafa de cerveja – e se empenhou de tal maneira nessa empreitada, que acabou morrendo.



FÍSICA: Philippe Perrin,Cyril Perrot,Dominique e Bruno Deviterne Ragaru(todos da França),e Herman Kingma (Holanda), por determinarem que arremessadores de discos ficam tontos, o que não acontece com os atiradores de martelo. Concluíram que o motivo é o movimento específico da cabeça em cada modalidade, conforme a rotação do corpo para dar o impulso do lançamento.


FISIOLOGIA: Anna Wilkinson(Reino Unido),Natalie Sebanz (Holanda,Hungria e Áustria), Isabella Mandl (Áustria)e Ludwig Huber (Áustria) por mostrarem que "O bocejo não é contagioso entre tartarugas terrestres de patas vermelhas".



LITERATURA: John Perry,da Universidade Stanford,(EUA),por sua Teoria da Procrastinação Estruturada, que diz: “Para ser um grande realizador, sempre trabalhar em algo importante,usando-a como uma forma de evitar fazer algo que é ainda mais importante”, ou seja, para ter sucesso, basta trabalhar em algo importante o suficiente que sirva de desculpa para você não fazer nada superior a isso.



MATEMÁTICA: Os matemáticos que,em vários momentos da História,previram o fim do mundo: Dorothy Martin,dos EUA (1954); Pat Robertson,dos EUA (1982); Elizabeth Clare Prophet,dos EUA (1990);Lee Jang Rim,da Coreia (1992); Credonia Mwerinde,de Uganda (1999); e Harold Camping,dos EUA (06/09/1994 e 21/10/2011),por ensinarem ao mundo a ser cuidadoso ao elaborar hipóteses matemáticas e cálculos.



MEDICINA: Mirjam Tuk (Universidade de Twente, Holanda), Debra Trampe (também da Holanda) e Luk Warlop ( Bélgica). e conjuntamente, Matthew Lewis, Peter Snyder (professor de Neurologia na Universidade Brown, EUA) e Robert Feldman ( EUA), Robert Pietrzak , David Darby , e Paul Maruff ( Austrália) pelo estudo mostrando por que, quando estão com vontade de urinar, as pessoas tomam decisões certas sobre determinadas coisas e erradas sobre outras: De acordo com Mirjan (trocadilho infeliz em Português, tadinha) "Mostramos que um alto grau de controle da bexiga está associado a uma maior habilidade para resistir a tentações imediatas em gerenciamento monetário"; e segundo Peter Snyder, “Quando as pessoas chegam ao ponto de sentir dor, de tanta necessidade de urinar, era como se estivessem bêbados. A capacidade de reter informações realmente fica prejudicada.”



PAZ: Prefeito da cidade lituana de Vilnius, Arturas Zuokas, ao mostrar que o problema de estacionamento irregular de carros de luxo pode ser resolvido simplesmente ao se passar com um tanque de guerra por cima deles.



PSICOLOGIA: Karl Halvor Teigen, professor de Psicologia da Universidade de Oslo (Noruega),por tentar entender por que, na vida cotidiana, as pessoas suspiram. Ele e seus alunos decidiram fazê-lo após descobrir que o fenômeno nunca havia sido estudado:“As pessoas acham que os suspiros dos outros expressam principalmente tristeza e melancolia,mas os seus próprios têm a ver com resignação e desistência de algo.Nós estudamos o aspecto da resignação ao oferecer uma charada que parece simples,mas que não tinha solução.E eles suspiravam.Nós achamos que eles suspiraram porque tiveram que desistir de uma hipótese,uma ideia,uma esperança – e talvez se preparar para a próxima.”



QUÍMICA: Makoto Imai,Naoki Urushihata,Hideki Tanemura,Yukinobu Tajima,Hideaki Goto, Koichiro Mizoguchi e Junichi Murakami, todos da Universidade de Ciências Médicas de Shiga,Japão,que determinaram a densidade ideal de Wasabi (raiz-forte usada para temperar sushi) para acordar as pessoas em caso de incêndio ou outra emergência, e para a aplicação deste conhecimento na invenção do Alarme de Wasabi : em vez de usar uma sirene, o dispositivo borrifa raiz-forte no ar e provoca irritação no nariz, despertando as pessoas. “O cheiro do wasabi é útil como alarme para pessoas surdas que não acordariam com modos convencionais como som, vibração ou luzes piscando,” justificou o Dr Makoto Imai,professor de Psiquiatria,o qual já patenteou a invenção.



SEGURANÇA PÚBLICA:John Senders,da Universidade de Toronto (Canadá),pela realização de uma série de experimentos nos quais um visor baixava e subia repetidas vezes na frente de um motorista,impedindo-o de ver enquanto dirigia em uma estrada em alta velocidade.









2012





















ACÚSTICA:  Kazutaka Kurihara e Koji Tsukada, criadores da  máquina chamada “SpeechJammer”, que perturba o discurso de uma pessoa fazendo-a ouvir suas próprias palavras com atraso de algumas centenas de milissegundos. O efeito de eco é irritante o suficiente para fazer alguém parar de falar.





ANATOMIA:  Frans de Waal (Holanda/EUA) e Jennifer Pokorny (EUA) , pela pesquisa  "Como os chimpanzés se reconhecem entre si apenas olhando fotografias de seus traseiros”



DINÂMICA DE FLUIDOS:  Rouslan Krechetnikov (Rússia/EUA/Canadá) e Hans Mayer (EUA), com o estudo "O que acontece com uma xícara de café enquanto uma pessoa a segura e andar ao mesmo tempo".



 FÍSICA: Joseph Keller (EUA, que Keller recebeu também  um outro Ig Nobel  - com atraso -  por um trabalho de 1999, sobre bules de chá que não pingam), Raymond Goldstein (EUA), Patrick Warren e Robin Ball (Reino Unido) , que calcularam "o equilíbrio de forças que dá forma  e move o rabo de cavalo no cabelo humano", pesquisa produziu o que se tornou conhecida como  “Equação do Rabo de Cavalo”, a qual considera  a rigidez das fibras do cabelo, os efeitos da gravidade e da presença da ondulação aleatória ou ondulação ubíqua do cabelo humano para prever como um rabo de cavalo pode  se comportar. A equação é capaz de prever a forma do cabelo quando for puxado para trás da cabeça e amarrado.



LITERATURA:  Departamento de Controladoria Geral do governo dos Estados Unidos, que divulgou  "um relatório de relatórios que recomendam a preparação de um relatório sobre o relatório do relatório de relatórios".



MEDICINA: Emmanuel Ben-Soussan e Michel Antonietti (França) por elaborar recomendações para os médicos que realizam colonoscopias (exames dos intestinos grosso e delgado), sobre como diminuir a chance de que seus pacientes explodam.



NEUROCIÊNCIA  Craig Bennett, Abigail Baird, Michael Miller e George Wolford, dos Estados Unidos, os quais mostraram que os pesquisadores do cérebro podem provar, através do uso de engenhosos  instrumentos e utilização de estatísticas, a atividade cerebral  em qualquer parte, mesmo em um salmão morto, que foi capaz não apenas de reconhecer emoções humanas olhando para fotos, como também mostraram a parte do cérebro dele, responsável por essas emoções.



PAZ: Empresa  SKN, da Rússia, por "converter antigas munições em diamantes novos"



PSICOLOGIA:  Anita Eerland e Rolf Zwaan (Holanda) e Tulio Guadalupe (representante de uma equipe do Peru, Rússia e Holanda) por seu estudo "Inclinar-se para a esquerda faz com que a Torre Eiffel pareça menor"



QUÍMICA: Johan Pettersson (Suécia), por descobrir o motivo pelo qual  moradores de algumas casas da cidade de Anderslöv, na Suécia, ficaram com o cabelo verde: o cobre liberado pelos canos.








2013







ASTRONOMIA E BIOLOGIA : Mari Dracke, Emily Bard, Marcus Byrne, Clarke Scholtz e Eric Warrant, por provarem  que besouros rola-bosta usam a Via Láctea para achar o caminho de casa.


ARQUEOLOGIA:  Peter Stahl  e Brian Crandall - arqueólogo que  engoliu um musaranho (pequeno mamífero parecido com um rato, mas que não é roeedor)  parcialmente cozido, sem mastigar, e depois examinaram excrementos para descobrir quais ossos do pequeno mamífero se dissolviam no sistema digestivo humano.


ENGENHARIA DE SEGURANÇA (Póstumo):  Gustano Pizzo (falecido em 2006), que em 1972 inventou um sistema antissequestro de aviões no qual o terrorista cai num alçapão, é empacotado e lançado à terra de paraquedas para que, após  ter sido alertada pelo rádio, a polícia o prenda quando chegar ao solo.


FÍSICA: Alberto Minetti, da Universidade de Milão, Yuri Ivanenko, do Hospital Italiano de Pesquisa, Germana Cappellini, Nadia Dominici, e Francesco Lacquaniti por provarem ser possível  um homem caminhar sobre a água, contanto que esteja na Lua,mas provavelmente não em Marte.


MEDICINA:  Masateru Uchiyama, Xiangyuan Jin, Qi Zhang, Toshihito Hirai, Atsushi Amano, Hisashi Bashuda e Masanori Niimi  que provaram que ouvir ópera é melhor do que música erudita instrumental ou canções New Age da cantora irlandesa Enya para camundongos pacientes de transplante de coração. O grupo que  ouvia “La Traviata”, de Verdi, sobreviveu 27 dias, enquanto que os que só escutaram Enya viveram 11 dias após a operação.


PAZ: Ditador bielorrusso Alexander Lukashenko, por proibir os aplausos em seu país e por permitir a prisão de um homem sem um braço pelo crime. (Em Belarus, onde manifestações coletivas são proibidas, o aplauso virou uma forma irônica de protesto.)


PROBABILIDADE: Bert Tolkamp, ​​Marie Haskell, Fritha Langford, David Roberts e Colin Morgan, depois que provaram que quanto mais tempo uma vaca fica deitada,  maior a probabilidade de ela se levantar. No entanto, quando ela está em pé, é mais difícil prever quando ela voltará a deitar.


PSICOLOGIA:  Laurent Bègue,  Oulmann Zerhouni, Baptiste Subra e Medhi Ourabah, além do americano Brad Bushman, da Universidade Estadual de Ohio,  por provarem com a pesquisa "A Beleza Está No Olho do Suporte da Cerveja"  que pessoas que pensam estar bêbadas também passam se considerar mais atraentes.


QUÍMICA:  Shinsuke Imai, Nobuaki Tsuge, Muneaki Tomotake, Yoshiaki Nagatome, Toshiyuki Nagata e Hidehiko Kumgai  que demonstraram que o processo químico que leva as pessoas a chorarem quando cortam uma cebola é mais complexo do que se pensava.


SAÚDE PÚBLICA:  Kasian Bhanganada, Tu Chayavatana, Chumporn Pongnumkul, Anunt Tonmukayakul, Piyasakol Sakolsatayadorn, Krit Komaratal, e Henry Wilde ,autores do trabalho "Tratamento Cirúrgico de Uma Epidemia de Amputações Penianas em Sião”,na Tailândia, no qual endossam a maioria das técnicas cirúrgicas usadas nesses casos, exceto em um no qual um pênis foi parcialmente comido por um pato.
 







2014





ARTES: Marina de Tommaso, Michele Sardaro e Paolo Livrea,da Policlínica da Universidade de Bari, Itália, por medirem a dor que as pessoas sofrem quando olham para uma pintura feia, bonita ou neutra enquanto um feixe de laser é apontado para sua mão. Um das conclusões: Botticelli é ótimo para dor de dente.


BIOLOGIA: Vlastimil Hart, Petra Novakova, Erich Pascal Malkemper, Sabine Begall, Vladimir Hanzal, Milos Jezek, Tomas Kusta, Veronika Nemcova, Jana Adamkova, Katerina Benediktova, Jaroslav Cerveny e Hynek Burda, da Universidade Tcheca Ciência da Vida, de Praga, por documentarem que cães alinham seu corpo de acordo com o campo magnético da Terra quando agacham para fazer cocô. Os machos ficam estritamente no sentido norte-sul, enquanto as cadelas preferem olhar estritamente para o norte ou para o sul quando fazem xixi.


CIÊNCIA ÁRTICA: Eigil Reimers e Sindre Eftestol, da Universidade de Oslo, por pesquisarem como renas da região de Svalbard, na Noruega, reagiam a humanos disfarçados de ursos polares.


ECONOMIA: Instituto Nacional de Estatística da Itália (Istat), por assumir a liderança no cumprimento do mandato da União Europeia de aumentar o tamanho oficial da sua economia nacional, incluindo nos dados as receitas de prostituição, venda de drogas ilegais, contrabando e outras transações financeiras ilícitas. Eles aconselham que os países da Europa, mergulhados na crise neoliberal, ao avaliar o tamanho do Produto Interno Bruto também levem em consideração a renda proveniente do tráfico de drogas, contrabando e prostituição.


FÍSICA: Kiyoshi Mabuchi, Kensei Tanaka, Daichi Uchijima e Rina Sakai, da Universidade Kitasato de Tóquio,Japão, por terem estudado o poder de deslizamento de cascas de banana. Eles mediram a quantidade de fricção entre o sapato e a casca de banana e entre esta e o chão quando uma pessoa pisa.


MEDICINA: Ian Humphreys, Sonal Saraiya, Walter Belenky e James Dworkin, da Universidade do Estado de Michigan (EUA), pelo tratamento de hemorragias nasais “incontroláveis” com tiras de carne de porco curado. Eles puseram tiras de carne de porco dentro do nariz de um paciente para conter uma hemorragia, e funcionou.


NEUROCIÊNCIA: Jiangang Liu, Jun Li, Lu Feng, Ling Li, Jie Tian e Kang Lee, da Escola de Computação e Tecnologia da Informação, Universidade Beijing Jiaotong, Universidade Xidian, Instituto de Automação da Academia Chinesa de Ciênciass de Beijing, China, e Universidade de Toronto, Canadá. por tentarem entender o que se passa no cérebro das pessoas que veem Jesus (e outros rostos e formas) em um pedaço de torrada. Esse fenômeno é conhecido como Pareidolia, que nos faz reconhecer padrões quando não existem. Eles usaram aparelhos de mapeamento cerebral para investigar o que acontece com pessoas que enxergam imagens de rostos onde na verdade só há manchas.


NUTRIÇÃO: Raquel Rubio, Anna Jofra, Belen Martin, Teresa Aymerich e Margarita Garriga,do Instituto de Pesquisa e Tecnologia Agroalimentar da Catalunha, por seu estudo do uso de bactérias fecais infantis como potenciais probióticos para embutidos fermentados, ou seja, colocar bactéria do cocô em alimentos. Elas descobriram que uma enzima necessária para a produção de salsichas defumadas pode ser extraída de fezes de crianças.


PSICOLOGIA: Peter K. Jonason, Amy Jones e Minna Lyons, da University of Western Sydney, Austrália, por descobrirem que as pessoas que ficam acordadas até tarde, os notívagos, tendem a ter mais auto-admiração, ser mais manipuladoras e mais psicopatas do que as pessoas que dormem cedo habitualmente.


SAÚDE PÚBLICA: Jaroslav Flegr, Jan Havlicek, Jitka Hanusova-Lindova, David Hanauer, Naren Ramakrishnan e Lisa Seyfried,da Escola de Medicina da Universidade de Michigan (EUA), por estudarem se é mentalmente saudável para uma pessoa ter um gato de estimação.





2015








ADMINISTRAÇÃO: Gennaro Bernile Vineet Bhagwat e P. Raghavendra Rau, da Singapore Management University descobriram que muitos empresários desenvolvem apreço pelo risco durante a infância, quando vivenciaram desastres naturais (terremotos, erupções vulcânicas, tsunamis e incêndios). Isso, se os eventos não tiveram consequências pessoais graves para eles, é claro.


BIOLOGIA: Bruno Grossi Omar Larach, Mauricio Canals, Rodrigo A. Vásquez e José Iriarte-Díaz, da Universidade do Chile, os quais notaram que fixando uma vara sobre a bunda de uma galinha, ela passa a andar de modo semelhante a um dinossauro.


ECONOMIA: A Polícia Metropolitana de Bancoc, Tailândia, por se oferecer para pagar um dinheiro extra aos policiais que recusassem a aceitar subornos.


FÍSICA: Patricia Yang David Hu, Jonathan Pham e Jerome Chooe, do Instituto de Tecnologia da Geórgia (EUA), por descobrirem a Lei da Urinação, segundo a qual todos os mamíferos demoram cerca de 21 segundos para esvaziarem suas bexigas. Há uma margem de erro de mais ou menos 13 segundos.


FISIOLOGIA E ENTOMOLOGIA: Foi dividido entre Justin Schmidt, do Instituto Biológico Southwest (EUA) - que criou o Índice de Dor do Ferrão Schmidt, para classificar a dor que as pessoas sentem ao serem picadas por diversos insetos - e Michael L. Smith, da Universidade de Cornell(EUA), que permitiu ser picado 200 vezes por abelhas em 25 lugares diferentes do corpo para identificar as áreas mais sensíveis. Os menos dolorosos: Crânio, ponta do dedo anular, e braço. Os mais dolorosos: Narinas, lábio superior e pênis.


LITERATURA: Mark Dingemans, Francisco Torreira, eNick J. Enfield, do Instituto Max Planck de Psicolinguística de Nijmegen ( Holanda), ao descobrirem que a interjeição "Hum?" (ou "Huh?") parece existir em todas as línguas do mundo.


MATEMÁTICA: Elizabeth Oberzaucher e Karl Grammer, da Universidade de Viena (Áustria), que desenvolveram técnicas matemáticas para determinar como o sultão Mulai Ismail conhecido como “O Sanguinário”, ou “O Imperador Sharifian”, do Marrocos, teria sido capaz de gerar 888 filhos no período de 1679 a 1727.


MEDICINA: Hajime Kimata,da Clínica Hajime Kimata (Japão) e Jaroslava Durdiaková,da Universidade Comenius ( Eslováquia), Peter Celec, Natália Kamodyová, Tatiana Sedláčková, Gabriela Repiská, Barbara Sviežená e Gabriel Minárik, por descobrirem que beijos prolongados e intensos podem diminuir alergias de pele.


MEDICINA DIAGNÓSTICA: Diallah Karim, Anthony Harnden, Nigel D'Souza, Andrew Huang, Abdel Kader Allouni, Helen Ashdown, Richard J. Stevens e Simon Kreckler, do(Stoke Mandeville Hospital, do Canadá, que mostraram que a apendicite aguda pode ser diagnosticada pela quantidade de dor que o paciente sente ao passar de carro sobre uma lombada.


QUÍMICA: Callum Ormonde, Colin Raston, Tom Yuan, Stephan Kudlacek, Sameeran Kunche, Joshua N. Smith, William A. Brown, Kaitlin Pugliese, Tivoli Olsen, Mariam Iftikhare Gregory Weiss, da Universidade de Western (Austrália), que inventaram uma receita capaz de "descozinhar" parcialmente um ovo.


Os vencedores também receberam uma quantia em dinheiro: 10 trilhões de dólares do Zimbábue (moeda extinta neste ano), o que equivale a alguns poucos dólares norte- americanos.